Home » Cadeia do Leite » Queijo artesanal de produtor de Patrocínio é campeão no 10º concurso Estadual 2017 de Queijos Minas Artesanal

Queijo artesanal de produtor de Patrocínio é campeão no 10º concurso Estadual 2017 de Queijos Minas Artesanal

28/08/2017 13:08:41 - Por: Patrocínio Online

O Queijo Minas Artesanal é considerado Patrimônio cultural imaterial brasileiro.

Responsive image
No dia 26/08, o produtor de queijos artesanais Antônio Lino Rosa de São João da Serra Negra município de Patrocínio (MG) foi campeão do 10º concurso Estadual 2017 de Queijos Minas Artesanal,  categoria Cerrado. A exposição e premiação foi durante o estival Cultura e Gastronomia de Tiradentes (MG), com o apoio da Emater-MG. 

O Queijo Minas Artesanal é considerado Patrimônio cultural imaterial brasileiro.

A competição elegeu os melhores queijos das sete regiões produtoras do estado: Araxá, Campo das Vertentes, Canastra, Cerrado, Serra do Salitre, Serro e Triângulo Mineiro. 

Antônio Lino Rosa, recebeu a premiação das mãos do governador Fernando Pimentel, durante o evento que contou também contou com a presença do secretário de estado da agricultura Pedro Claudio Coutinho Leitão e chefes de cozinhas famosos.

O queijo "ouro" de São João da Serra Negra deverá ser exposto e degustado brevemente em evento em Paris, na França.

Sobre o concurso

“O concurso é uma metodologia de assistência técnica e extensão rural que busca qualificar e valorizar o Queijo Minas Artesanal e, dessa forma, gerar mais renda no campo. Este ano, a parceria com o projeto Fartura agrega ainda mais a essa iniciativa, destacando este produto tão importante para identidade e gastronomia mineira, dentro de um dos maiores festivais do setor no país”, comenta o presidente da Emater-MG, Glenio Martins.

O concurso deste ano conta com 33 concorrentes. Todos os produtores participantes da disputa têm suas queijarias cadastradas no Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e foram classificados após vencerem os concursos regionais do Queijo Minas Artesanal, promovidos pela Emater-MG ao longo do ano.  Podem participar os primeiros cinco classificados de cada concurso regional.

“Esses concursos regionais servem para valorizar o queijo da região e para selecionar também os cinco melhores de cada uma delas. Pela nossa metodologia, cada município com mais de seis produtores cadastrados no IMA deve realizar o seu concurso municipal, escolhendo os cinco melhores produtos. Em seguida, eles seguem para a competição regional, onde são selecionados os cinco primeiros colocados de cada região para disputar o concurso estadual”, explica a coordenadora estadual da Emater-MG, Maria Edinice Rodrigues.

Nas duas regiões onde não foram realizados concursos (Campo das Vertentes e Triângulo Mineiro), os produtores cadastrados no IMA são convidados a participar do evento estadual. 

“Essas regiões foram caracterizadas há pouco tempo e ainda não fazem a competição. Para ter concursos regionais, é necessário ter o mínimo de seis produtores cadastrados no IMA. Elas ainda não atingiram este número. Mas convidamos os produtores já cadastrados para participar do concurso estadual”, explica a coordenadora da Emater-MG.