Home » Cadeia do Leite » Programa do Leite em AL vai receber R$ 7,5 mi

Programa do Leite em AL vai receber R$ 7,5 mi

20/09/2017 08:23:17 - Por: Gazeta de Alagoas. Foto: Gilberto Farias

Repasse será feito pelo ministério do desenvolvimento social para salvar produtores da crise.

Responsive image
Mais de 4,2 mil agricultores familiares de Alagoas que fornecem a matéria-prima para o Programa do Leite em Alagoas estão há três meses sem receber o pagamento pelo produto. A dívida acumulada, somente com os produtores, chega a R$ 8 milhões. Outros cerca de R$ 4 milhões deixaram de ser repassados, em igual período, a 12 indústrias de laticínios que fazem a captação, beneficiamento e distribuição de cerca de 40 mil litros de leite nos 102 municípios alagoanos.

Mantido a partir de convênio entre a Secretaria Estadual de Agricultura (Seagri) e o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o orçamento para o Programa do Leite, este ano, é de R$ 37,5 milhões – sendo R$ 30 milhões do MDS e R$ 7,5 milhões de contrapartida do governo estadual.

Até ontem, segundo as cooperativas que operam o programa no Estado, não havia sido feito nenhum repasse dos recursos federais. Os únicos pagamentos liberados até agora, quase nove meses depois, foram os R$ 7,5 milhões da contrapartida estadual que foram antecipados pelo Estado.

O atraso no pagamento a produtores e laticínios gerou uma crise no setor que ameaça a continuidade do programa. Para evitar o pior, os beneficiários e produtores estão mobilizados. Este mês já realizaram reuniões com a bancada federal de Alagoas, deputados estaduais e com a diretoria da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) para tentar pressionar o governo federal a repassar os recursos previstos.

Um novo encontro foi realizado ontem pela manhã, no auditório da Cooperativa dos Produtores de Laticínios de Alagoas (CPLA), no Parque da Pecuária, em Maceió. O encontro desta vez foi com o ministro do Turismo e deputado federal licenciado Marx Beltrão (PMDB).

Ao encerrar a reunião, com um discurso para mais de 100 lideranças comunitárias e de produtores, Marx Beltrão anunciou que a partir de agora será o “padrinho” do programa em Alagoas. O ministro surpreendeu ao anunciar a liberação de R$ 7,5 milhões referente à primeira parcela do repasse que deveria ser liberada pelo Ministério do Desenvolvimento Social em maio passado.

“Quero adiantar aqui que já conversei com o ministro Osmar Terra [do MDS] e ele me assegurou que esse dinheiro estará aqui já nos próximos dias”, afirmou Marx Beltrão. O ministro assegurou, ainda, que a partir de agora vai acompanhar pessoalmente a execução, para garantir que os R$ 30 milhões previstos no Orçamento da União para o Programa do Leite sejam repassados ao estado até o final deste ano.

“Esse é um programa muito importante, não só do ponto de vista econômico, mas também social. Esse leite que chega para as crianças, para os idosos e para as gestantes tem ajudado a salvar vidas e foi um dos grandes responsáveis pela redução da mortalidade infantil, que ainda é alta no nosso Estado”, enfatizou o ministro.