Home » Cadeia do Leite » Aurora Alimentos é a maior exportadora do Sul do Brasil

Aurora Alimentos é a maior exportadora do Sul do Brasil

22/09/2017 10:04:12 - Por: Assessoria de imprensa

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços divulga um ranking com os maiores exportadores do País, separados em faixas de valores.

Responsive image
A Cooperativa Central Aurora Alimentos conquistou o 8º lugar na categoria por faixa de valor acima de US$$ 100 milhões na 3ª edição do prêmio Sul For Export. Com esse resultado, se consolida como a maior exportadora do sul do País. A premiação é uma iniciativa do Instituto e Revista AMANHÂ, de Porto Alegre (RS), que elege as 1000 maiores exportadoras do Sul com base nos indicadores oficiais do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Todo ano, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços divulga um ranking com os maiores exportadores do País, separados em faixas de valores. O Instituto seleciona os mais representativos de cada setor.

A premiação foi entregue durante o 3º Fórum de Comércio Exterior do Sul, realizado este mês, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre. O evento reuniu líderes empresariais do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina para discutir a competitividade das exportações nos três Estados do Sul.

Para o diretor de conteúdo do Instituto e Revista Amanhã Eugênio Esber, o Brasil tem um peso pequeno no comércio internacional em relação ao tamanho da sua economia e principalmente, ao grande potencial que possui e que ainda terá no agronegócio. "O desafio brasileiro é estabelecer com os mercados globais uma interação intensa e constante. E casos como o da Aurora Alimentos devem inspirar, servir como bússola para tantas outras companhias que ainda não atingiram maturidade das relações internacionais", afirma.

O presidente da Aurora Alimentos Mário Lanznaster considera que o prêmio demonstra a expressiva presença da cooperativa no mercado externo e a qualidade dos produtos oferecidos. "Exportamos para mais de 60 países. Além disso, somos a primeira e única empresa brasileira a exportar carne suína para os Estados Unidos o que é motivo de imensa satisfação".

Lanznaster destaca que as vendas externas em 2016 totalizaram um faturamento líquido de R$ 2,02 bilhões de reais, o que representou um aumento de 9,3% em relação ao ano anterior. O negócio aves respondeu por 62% (R$ 1,2 bilhão) e o negócio suíno com 37% (R$ 763 milhões), além de 0,54% de contribuição dos industrializados (R$ 12,7 milhões). Em volumes, a expansão foi de 13,3%, totalizando 329 mil toneladas.