Home » Cadeia do Leite » Leite continua sendo alimento básico dos americanos, apesar da queda no consumo

Leite continua sendo alimento básico dos americanos, apesar da queda no consumo

25/09/2017 09:34:55 - Por: Daily Dairy Report e USDA, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

O consumo per capita de bebidas à base de leite de vaca tem caído há muitos anos e a taxa de declínio também se acentuou nos últimos anos.

Responsive image
O consumo per capita de bebidas à base de leite de vaca tem caído há muitos anos e a taxa de declínio também se acentuou nos últimos anos. O consumo per capita caiu a uma taxa média anual de 0,9% entre 1995 e 2010, mas a taxa de declínio aumentou para 2,6% entre 2010 e 2015. Ao contrário do leite de vaca, as vendas de bebidas à base de plantas estão em ascensão e ganhando mais espaço no corredor de lácteos. Esses produtos incluem amêndoa, soja, coco, caju, arroz e outras bebidas à base de plantas.

Um relatório recente do Serviço de Pesquisa Econômica (ERS) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), "Em diferentes trajetórias: um olhar sobre as vendas de leite de vaca e sobre os análogos à base de plantas"destaca as recentes tendências de consumo de leite de vaca e análogos vegetais com base em dados das famílias.

Os dados podem ser usados para examinar as compras no nível doméstico de todos os itens de supermercado, por isso é útil para comparar os padrões de consumo de leite de vaca e bebidas à base de plantas. Os dados indicam que, mesmo que o consumo de leite de vaca tenha diminuído, esse ainda é um alimento básico na maioria das casas americanas.

Em 2015, os dados do Industrial Research Institute (IRI) ilustram que 92,2% dos consumidores compraram leite de vaca e 32,2% compraram uma bebida vegetal em algum momento durante o ano. De acordo com o ERS, 89,7% das famílias que compraram uma ou mais das bebidas vegetais também compraram leite de vaca.

Apenas 3,3% das famílias compraram uma ou mais bebidas vegetais, mas nenhum leite de vaca. Os dados do IRI mostram que as bebidas vegetais são geralmente mais caras do que o leite de vaca. Em 2015, meio galão [1,89 litros] de leite de vaca era vendido por US$ 2,42, em média. Os preços médios do leite de amêndoa, soja e outros produtos vegetais foram de US$ 2,87, US $ 2,98 e US $ 3,03 por meio galão, respectivamente.

Os dados do IRI mostram que a participação de mercado do leite de vaca caiu de 94,3% em 2013 para 92,4% em 2015. Ao mesmo tempo, a participação de mercado de bebidas de amêndoas passou de 3,4% para 5,1%, enquanto as bebidas de soja caíram de 1,8% para 1,4%. As vendas de outras bebidas vegetais aumentaram de 0,4% para 1,1%.


Ao contrário do leite de vaca, as vendas de bebidas à base de plantas estão em ascensão

É interessante notar que grandes companhias de lácteos - como DannoneWave e Lactalis - têm fortes interesses comerciais em bebidas vegetais. E, enquanto a Califórnia é o Estado de maior produção de leite dos EUA, é também o líder na produção de amêndoas.