Home » Cadeia do Leite » Poder de compra do produtor de SP diminui após oito meses de altas

Poder de compra do produtor de SP diminui após oito meses de altas

26/09/2017 10:11:15 - Por: Cepea

As baixas devem resultar em impactos negativos também para o poder de compra.

Responsive image
Com os custos de produção estáveis e os preços do leite recebidos pelos produtores em queda, o poder de compra do pecuarista paulista diminuiu, considerando-se a maioria dos grupos de insumos acompanhados pelo Cepea, após oito meses de altas consecutivas. Os dados de agosto mostram que foi necessário produzir 589,3 litros de leite para comprar uma tonelada de ração com 22% de Proteína Bruta (PB). Na comparação com o mês anterior, a piora é de 4,3%. Em relação a dezembro de 2016, quando as quedas começaram, o recuo chega a 20,2%.

As consecutivas elevações no poder de compra do pecuarista foram refl exo dos elevados patamares de preço do leite pago ao produtor e das safras recordes de milho e de soja, que reduziram de forma expressiva os valores dos concentrados. Assim, essa inversão no poder de compra ocorreu apenas no terceiro mês de recuo nas cotações do leite.

O preço líquido médio do leite no fechamento de agosto foi de R$ 1,2593/litro no estado de São Paulo, baixa de 4,1% em relação ao mês anterior e de 4,9% se comparado a junho, período anterior ao início das quedas.

Pecuaristas já esperam sucessivas quedas nas receitas para os próximos meses nos principais estados produtores, devido ao início da safra do leite. As baixas devem resultar em impactos negativos também para o poder de compra.

Neste cenário, cabe ao produtor elaborar um planejamento estratégico, visando o melhor momento para compra de insumos, para, assim, maximizar as margens, em um período em que as receitas tendem a diminuir. Informativo completo clique aqui.




hacklink child porno hacklink medyum beylikdüzü escort chip satışı zynga chip zynga chip chip satışı istanbul evden eve nakliyat sancaktepe evden eve nakliyat mersin escort