Home » Cadeia do Leite » União lança linha premium BonQ

União lança linha premium BonQ

20/10/2017 09:09:59 - Por: Diário do Comércio

Estratégia é oferecer queijos de qualidade diferenciada com preços mais acessíveis.

Responsive image
Com o objetivo de agregar valor à produção de leite e atender a um nicho de mercado pouco trabalhado, o Laticínios União, com sede em Ibiá, no Alto Paranaíba, lançou uma nova marca de queijos, a BonQ. Os queijos premium chegam ao mercado com preços mais acessíveis e a ideia é estimular o consumo dos produtos finos no dia a dia. Com a nova marca, a produção no Laticínios União está em torno de 7 toneladas de queijo ao dia.

De acordo com a diretora comercial da BonQ, Mariana Pinheiro, os primeiros queijos chegaram ao mercado no início de outubro e a expectativas em relação à aceitação são positivas.

Os queijos estão disponíveis nos mercados do Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Fortaleza e Goiás. Em Minas Gerais, o produto foi lançado esta semana durante a Feira Supermercadista e da Panificação (Superminas) e deve chegar ao mercado nos próximos dias.

Os planos para o lançamento da linha foram iniciados em 2016, após um levantamento de mercado, que identificou a necessidade de oferecer produtos de alta qualidade a preços mais acessíveis, incentivando o consumo diário.

“Descobrimos que existe esse nicho de mercado que não é trabalhado pela indústria. Os produtos disponibilizados são sempre muito parecidos e os mais diferenciados têm preços elevados, o que restringe o consumo. Percebemos que existe uma grande demanda por queijos premium de dia a dia e resolvemos desenvolver uma linha de queijo de alta qualidade a preços mais acessíveis para ser consumido todos os dias e não só em momentos especiais”, explicou.

A aposta na nova linha tem dado certo e a produção diária de queijos no Laticínios União está em torno de 7 toneladas por dia. De acordo com Mariana, somente na linha de queijos o crescimento mensal registrado desde o início do ano varia de 20% a 36% ao mês. Mariana destaca que os consumidores estão buscando, cada vez mais, produtos de alta qualidade, práticos e diferenciados.

Para atender a esta demanda, os queijos são embalados a vácuo e em queijeiras, que além de facilitar o armazenamento nas geladeiras, mantém as condições ideais para a continuidade da maturação. A linha bonQ é composta por queijos tradicionais e sem lactose, como o minas padrão, o colonial, o muçarela e o queijo prato. A linha reserva é composta por queijos finos, como o reino, gouda, parmesão e queijo gruyère.

Mariana explica que o investimento na diversificação da produção é importante para atender a demanda do consumidor e sair da instabilidade do mercado do leite in natura.

Valor agregado - Os negócios do Laticínios União, que é uma empresa familiar, envolviam apenas a comercialização do leite in natura, que era adquirido dos pecuaristas e vendido para os laticínios. Devido à alta qualidade do leite produzido na região e as constantes variações de preços, a família investiu na construção de uma queijaria no Laticínios União e, a partir de 2015, passou a produzir queijos.

“A ideia de fabricar queijos, além de diversificar o mercado, é também uma saída para a grande instabilidade do mercado do leite in natura. As políticas comerciais do leite não favorecem a estabilização dos preços do produto, que registra desvalorizações constantes e concorre com o leite importado. O queijo, em si, já é valorizado pelo consumidor e tem um bom valor agregado. Dessa forma, conseguimos ter maior estabilidade e planejar investimentos”, explicou Mariana.