Home » Cadeia do Leite » Embrapa Gado de Leite comemora 41 anos com entrega de tecnologias à sociedade

Embrapa Gado de Leite comemora 41 anos com entrega de tecnologias à sociedade

31/10/2017 10:53:09 - Por: Assessoria de imprensa Embrapa Gado de Leite

Evento comemorativo ocorreu no dia 26 de outubro e homenageou destaques do setor.

Responsive image
Nesta quinta-feira, a Embrapa Gado de Leite (uma das unidades de pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa), comemorou 41 anos de fundação. O evento ocorreu na sede da instituição, em Juiz de Fora - MG.  Como parte dos eventos comemorativos, foram apresentadas novas tecnologias, serviços e processos direcionados à cadeia produtiva do leite. As apresentações foram:

- EAD Leite - plataforma de ensino a distância voltadas à capacitação técnica pela internet. Além das aulas, a plataforma permite acesso às publicações da Embrapa via Biblioteca Virtual. Os cursos são destinados a extensionistas, estudantes e produtores. Já estão disponíveis três cursos: Silagem de Capim e Silagem de Milho e Sorgo, ambos com turmas iniciando no próximo dia 30, e Amostra, Coleta e Transporte do Leite, que será ofertado em dezembro. O acesso e a inscrição são feitos pelo site .

- Equação de predição para seleção genômica - tecnologia aplicada na melhoria dos rebanhos da raça Girolando. Além de aumentar a precisão na avaliação de animais, acelera o progresso genético para as características selecionadas. A equação já foi incorporada ao Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando, com lançamento do primeiro Sumário Genômico de Vacas em 2017. A tecnologia está em fase de licenciamento e estará disponível no mercado em breve na forma de serviço oferecido aos criadores.

- GisleiteApp - aplicativo gratuito para dispositivos móveis, que se conecta com a plataforma do Gisleite - Gestão Informatizada de Sistemas de Produção de Leite. O GisleiteApp torna mais ágil o registro e o acompanhamento do desempenho zootécnico relativo a reprodução do rebanho, produção de leite, movimentação e venda de animais da fazenda. O aplicativo é gratuito e já está disponível para o sistema Android na Google Play Store .

- APPLeite - aplicativo gratuito para dispositivos móveis, para o sistema Android, que permite disponibilizar um conjunto de informações técnicas baseadas em trabalhos de pesquisa agropecuária. Todo conteúdo disponível é produzido por especialistas da Embrapa, utilizando linguagem simples e vocabulário próximo ao cotidiano dos produtores. Estará disponível na Google Play Store em breve.

- Censo do cooperativismo do leite – anunciada a conclusão dos trabalhos do Censo do Cooperativismo do Leite, uma iniciativa da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e da Embrapa visando gerar informações para agentes econômicos da cadeia de lácteos no Brasil. Cento e sessenta cooperativas responderam perguntas sobre temas diversos, como características dos cooperados, captação, políticas das cooperativas, qualidade do leite, industrialização e aspectos econômicos. Este trabalho atualiza o perfil do cooperativismo já traçado em 2002 e abrangeu organizações que respondem por um quarto de todo o leite captado no Brasil. A divulgação dos resultados está prevista este ano ainda. 

- Régua de manejo de pastagens - instrumento simples e de fácil manuseio, a tecnologia tem como objetivo facilitar a tomada de decisão do produtor rural para melhorar o aproveitamento das pastagens. Esta régua contém as principais espécies forrageiras utilizadas na Região Sul, estando as forragens de verão em uma das faces e, na outra, as forragens de inverno, com as alturas de entrada e saída de pastejo e corte. Mais informações aqui.

Homenagens – Como parte das comemorações de aniversário, a instituição condecorou personalidades do setor como a Medalha Mario Luiz Martinez. Criada em 2007 em homenagem ao importante pesquisador da Embrapa na área de melhoramento animal, que dá nome à medalha, a honraria visa reconhecer lideranças que contribuem para o setor.

Ganharam a medalha este ano o pesquisador aposentado da Embrapa, Wanderlei Ferreira de Sá (Destaque Embrapa), o professor da Universidade Federal de Juiz de Fora, Paulo Henrique Fonseca da Silva (Destaque do Sistema Nacional de Pesquisa Agropecuária) e o CEO do Milkpoint, Marcelo Pereira de Carvalho (Destaque na cadeia produtiva).

A instituição também concedeu diplomas a duas estudantes, que dividiram o primeiro lugar no Workshop do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC):  Verônica Rodrigues de Castro, pela apresentação do trabalho “Partição energética em novilhas Girolando com fenótipos divergentes para eficiência alimentar” e Thais Cristina de Assis Oliveira, pelo trabalho “Susceptibilidade de antimicrobianos de estirpes de Staphylococcus aureus isoladas de leite de vacas com mastite”. 

O evento se encerrou com a apresentação do caso de sucesso da startup Meu Leite, uma das finalistas do concurso de startups Ideas for Milk 2016, e com a apresentação de palestra de Marcelo Pereira Carvalho, abordando a cadeia produtiva do leite no contexto das novas tecnologias.