Home » Cadeia do Leite » EUA lançam ato sobre leite escolar com o objetivo de aumentar o consumo do produto entre os estudantes

EUA lançam ato sobre leite escolar com o objetivo de aumentar o consumo do produto entre os estudantes

01/11/2017 10:00:15 - Por: Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint

Sob a nova lei, as escolas terão a opção de oferecer leite com sabor com baixo teor de gordura.

Responsive image
A introdução recente do School Milk Nutrition Act of 2017 tem como objetivo reverter o declínio do consumo de leite nas escolas dos EUA. O leite com sabor com baixo teor de gordura foi retirado dos menus do lanche escolar em 2013 como forma de reduzir a ingestão de açúcar entre as crianças, mas as organizações de lácteos argumentaram que, como resultado, mais e mais estudantes deixaram de beber leite com o lanche e não estavam recebendo uma quantidade adequada de nutrientes essenciais, como proteínas e cálcio.

De acordo com o presidente e CEO da Federação Nacional de Produtores de Leite (NMPF), nos primeiros dois anos que o leite desnatado com sabor foi retirado do programa de lanche escolar, o número de estudantes que beberam leite com o lanche caiu em 1,1 milhão. "O leite é a fonte número um de nove vitaminas e minerais essenciais nas dietas para crianças, e quando o consumo cai, a ingestão nutricional global das crianças dos EUA fica comprometida", afirmou Mulhern.

O projeto bipartidário foi apresentado pelos representantes dos Estados Unidos, Glenn Thompson (PA-05) e Joe Courtney (CT-02), que prometeram facilitar os "regulamentos desnecessários" colocados nas escolas para levar o leite como parte do lanche escolar e oferecer às crianças mais opções do produto. 

"Ao permitir às crianças mais opções de leite - incluindo leite com sabor – espero que possamos testemunhar o retorno do consumo a seus níveis históricos e as crianças poderão novamente desfrutar do leite", disse Thompson. Uma vez promulgado, o projeto de lei faria as mudanças ao programa de lanche escolar, proposto pelo secretário da Agricultura, Sonny Perdue no início deste ano, permanente.

Principais disposições

Sob a nova lei, as escolas terão a opção de oferecer leite com sabor com baixo teor de gordura (1%) (em vez de apenas sem gordura), mas somente se o leite não contiver mais de 150 calorias por dose de oito onças (226,8 g), um esforço que começou por Perdue.

O School Milk Nutrition Act of 2017 também "elimina a papelada desnecessária e pesada para as escolas" para oferecer mais opções de leite e permitir que ele seja vendido em um recipiente com "tamanho apropriado para a idade como as bebidas concorrentes". Um programa piloto destinado a aumentar o consumo de leite com foco na melhoria da embalagem, refrigeração, sabores e vendas também será estabelecido, de acordo com a lei.

O ato também inclui uma disposição para permitir que os participantes no Programa Especial de Nutrição Suplementar para Mulheres, Bebês e Crianças (WIC) tenham acesso ao leite com baixo teor de gordura para eles e seus filhos por meio de um pedido por escrito. "Quando as crianças não bebem leite, é extremamente difícil obter quantidades suficientes de três dos quatro principais nutrientes mais escassos em dietas para crianças: cálcio, potássio e vitamina D. Esta legislação aborda essa lacuna nas escolas e no programa WIC".