Home » Cadeia do Leite » Brasil vai mandar leite e iogurte para o outro lado do mundo

Brasil vai mandar leite e iogurte para o outro lado do mundo

06/11/2017 10:30:10 - Por: AgroNegócio

País inicia exportações de lácteos e leite para mercado japonês, sétimo maior importador de lácteos do mundo.

Responsive image
Após dois anos de negociações, finalmente o Brasil vai começar a exportar produtos lácteos e leite para o Japão. A autorização foi recebida nesta semana pela Secretaria de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

As exportações foram reiniciadas depois da aprovação do Certificado Sanitário Internacional. O documento autoriza exportações de áreas livres da febre aftosa com e sem vacinação e coloca o Brasil em um mercado bilionário: em 2016, os japoneses importaram cerca de US$ 1,2 bilhão de lácteos, o que faz do país o sétimo maior importador mundial desse tipo de produtos.

“Para o setor de lácteos, que está iniciando sua entrada no mercado internacional, o Japão é um cliente muito importante pelo grande potencial de consumo e pelo grau de exigência que tem, demonstrando a capacidade do Brasil de atender estas exigências”, disse o secretário de Relações Internacionais do Mapa, Odilson Ribeiro e Silva.

No ano passado, o país asiático importou cerca de 62 mil toneladas de soro de leite em pó, 13 mil toneladas de manteiga, 258 mil toneladas de queijos e mais de 201 mil toneladas de outros produtos lácteos, como leite em pó desnatado, caseína, caseinatos e lactose.

A confirmação foi formalizada pelo oficial agrícola da embaixada brasileira em Tóquio, Marcelo Mota, e aconteceu em um momento em que o Brasil está reforçando a proteção do mercado nacional. No mês passado, o Brasil vetou exportações de leite vindas do Uruguai.