Home » Cadeia do Leite » Após seis meses de queda, leite UHT se valoriza no atacado de SP

Após seis meses de queda, leite UHT se valoriza no atacado de SP

20/12/2017 10:53:29 - Por: Frederico Ilenburg, Aline Pires e Aline Santos em Boletim do Leite/Cepea

Apesar da valorização do UHT no balanço de novembro, quedas foram registradas a partir da semana do dia 12.

Responsive image
Após seis meses consecutivos em baixa, o preço do leite UHT negociado no mercado atacadista do estado de São Paulo subiu 3,05% entre outubro e novembro, atingindo R$ 2,09/litro em novembro. 

Esse valor, no entanto, é 5,18% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado.

Apesar da valorização do UHT no balanço de novembro, quedas foram registradas a partir da semana do dia 12. 

Segundo colaboradores do Cepea, esse movimento se justifica pela demanda ainda enfraquecida, que resulta em aumento de estoques e maior competitividade entre as indústrias para manter as negociações, cenário que pressiona as cotações.
O preço do queijo muçarela, por sua vez, ficou praticamente estável de um mês para o outro (-0,03%), a R$ 14,14/kg. Frente a novembro de 2016, por outro lado, o recuo é de 13,01%. Apesar da estabilidade mensal, os valores se elevaram na segunda quinzena de novembro, chegando a R$ 14,39/kg, em média, no último dia útil do mês. A pesquisa diária de preços é realizada pelo Cepea e tem apoio financeiro da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras). 


A pesquisa quinzenal de derivados também registrou alta nas cotações dos produtos lácteos em novembro, conforme a Tabela 2. Na “Média Brasil” (composta por SP, MG, GO, PR e RS), o leite pasteurizado teve média de R$ 2,23/litro; o leite UHT, de R$ 2,07/litro; o leite em pó (sachê de 400 gramas), de R$ 15,60/kg; o queijo prato, de R$ 16,17/kg; o queijo muçarela, de R$ 15,07/kg e a manteiga (pote de 200 gramas), de R$ 23,89/quilo.