Home » Cadeia do Leite » Consumidores americanos confiam nas informações dos rótulos dos lácteos

Consumidores americanos confiam nas informações dos rótulos dos lácteos

24/01/2018 09:48:52 - Por: Dairy Foods Magazine, traduzida e adaptada pela Equipe MilkPoint

65%, essa é a porcentagem de consumidores dos EUA que dizem que olham o rótulo do produto para ver se os alimentos ou bebidas são minimamente processados.

Responsive image
A revista Dairy Foods Magazine publicou alguns dados sobre como os consumidores dos Estados Unidos avaliam os rótulos dos produtos lácteos. Confira: 

42%

Essa é a porcentagem de consumidores dos EUA que dizem que contam com o rótulo do produto como fonte de informações úteis e precisas sobre saúde e bem-estar. 

65%

Essa é a porcentagem de consumidores dos EUA que dizem que olham o rótulo do produto para ver se os alimentos ou bebidas são "minimamente processados". Alguns dos identificadores chave para um produto menos processado são ingredientes curtos, pronunciáveis e reconhecíveis; ingredientes que "fazem sentido" para o produto; cores adequadas aos ingredientes do produto primário; e as adições de sabor "desnecessárias" conhecidas, como açúcares e sais, aparecendo abaixo na lista de ingredientes. 

8,4%

É o crescimento anual projetado para o mercado global de kefir de 2017 a 2025. A associação de benefícios para a saúde pelo consumo da bebida probiótica inclui melhora na imunidade, aumento da força óssea, maior digestão e risco reduzido de osteoporose e asma. Em 2016, a Europa representou a maior participação na receita, seguida pela América do Norte.

US$ 59 bilhões

Esse é o valor que o mercado global de ingredientes de proteínas deverá atingir até 2025. O mercado de proteínas animais ocupou uma participação de 75% no mercado de ingredientes de proteínas em 2016 devido ao aumento do consumo de ovos e produtos lácteos globalmente.