Home » Cadeia do Leite » França: pesquisa aponta que custos de produção do leite não estão sendo cobertos

França: pesquisa aponta que custos de produção do leite não estão sendo cobertos

09/03/2018 09:17:45 - Por: Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint

Mesmo em 2017, quando houve uma certa recuperação nos preços do leite, os produtores ainda estavam carentes de 10,72 centavos por quilo.

Responsive image
O European Milk Board (EMB), respondendo ao anúncio do presidente francês Emmanuel Macron de que o preço do leite é determinado pelos custos de produção, divulgou os dados de um estudo que encomendou para analisar os custos para se produzir leite hoje no país. As organizações francesas de produtores de leite APLI, OPL e France Milk Board (FMB) Grand Ouest e FMB Bassin Normand, em colaboração com o EMB, encomendaram o estudo por meio do Escritório Alemão de Economia e Estudos Rurais (BAL).

Boris Gondouin, da APLI (Association des Producteurs de Lait Independants/Association of Independent Lek Producers) disse que hoje são necessários pelo menos 45,14 centavos (por kg de leite) para cobrir os custos de produção, incluindo a remuneração. O presidente da EMB, Romuald Schaber, comentou que dados representativos atualizados sobre os custos de produção são essenciais. "Eles deveriam servir de base para discussões políticas e para calcular o preço do leite", disse Schaber.

O EMB ponderou que com um preço médio do leite de 33,91 centavos por quilo de leite pago nos últimos cinco anos, o déficit em termos de cobertura do custo de produção foi de 27%.

Encontrando soluções

Mesmo em 2017, quando houve uma certa recuperação nos preços do leite, os produtores ainda estavam ‘carentes’ de 10,72 centavos por quilo para cobrir seus custos de produção e receber uma remuneração justa pelo trabalho, argumentou o EMB. "Agora que temos esses dados, o trabalho pode continuar", disse Denis Jehannin, vice-presidente da organização de produtores FMB Grand Ouest. "Nós podemos nos referir a esses números durante as negociações de preços com a indústria".

Joseph Martin, representante da OPL (Organisation des producteurs de lait), destacou que é necessário encontrar soluções concretas. "Pedimos aos representantes políticos que implementem um sistema adequado”. Juntamente com os tomadores de decisões políticas e outros representantes setoriais, devemos encontrar as soluções adequadas para garantir o futuro do setor", completou.