Home » Cadeia do Leite » Custo de produção da pecuária leiteira sobe pelo 5º mês seguido e desestimula produção no campo

Custo de produção da pecuária leiteira sobe pelo 5º mês seguido e desestimula produção no campo

21/03/2018 11:07:22 - Por: Caio Monteiro em Boletim do Leite do CEPEA-ESALQ/USP

Essa alta dos custos se deve, ao grupo de concentrados, que se valorizou 0,2% de janeiro para fevereiro, refletindo as recentes elevações nos preços do milho e da soja.

Responsive image
Os custos de produção da pecuária leiteira subiram em fevereiro pelo quinto mês consecutivo, seguindo o movimento de valorização do concentrado, iniciado também em outubro/17. De janeiro para fevereiro, o custo operacional efetivo (COE), que considera os gastos correntes da propriedade na “média Brasil” (BA, GO, MG, PR, RS, SC e SP), subiu 0,16% e o custo operacional total (COT), que engloba pró-labore e depreciações, 0,26%.

Essa alta dos custos se deve, principalmente, ao grupo de concentrados, que se valorizou 0,2% de janeiro para fevereiro, refletindo as recentes elevações nos preços do milho e da soja. Também para o mês de fevereiro foram observados aumentos de 0,39% nos custos com os adubos e corretivos e de 0,57% nos insumos destinados a limpezas e desinfecção de materiais de ordenha. Por outro lado, suplementação mineral registrou queda de 0,23% na “média Brasil”.

Já quanto à receita do produtor, o preço médio líquido do leite (sem frete e impostos) subiu 3,8% de janeiro para fevereiro, considerando-se a “média Brasil”. A recuperação do preço pago ao produtor está atrelada à queda na captação e à demanda um pouco mais firme em relação aos meses anteriores. Apesar da ligeira melhora na receita, muitos produtores estão desestimulados com a atividade pelos constantes aumentos nos custos de produção.

Relação de troca – Analisando os dados de relação de troca do concentrado 22% de proteína bruta do produtor mineiro, em fevereiro, foram necessários 53,55 litros de leite em média para adquirir um saco de 40 kg do insumo, 2,1% a mais que em janeiro/18 e 15,9% a mais que no mesmo período do ano passado. Já para o sal mineral com 90g de P, foram necessários 79,42 litros de leite para comprar um saco de 30 kg em fevereiro, quantidade 2,6% inferior no comparativo mensal, mas 20,1% superior no anual.