Home » Cadeia do Leite » Mercado reage e preço do leite pago ao produtor no RS chega a 5%

Mercado reage e preço do leite pago ao produtor no RS chega a 5%

26/03/2018 09:11:35 - Por: Correio do Estado

Consultores analisam que aumento se deu pela queda na oferta.

Responsive image
O preço médio do leite pago ao produtor em Mato Grosso do Sul deve fechar o mês de março com aumento de 5,4%, o que representa R$ 0,86/litro.

Desde o início de 2018 a evolução no preço foi positiva, ainda que pequena e a comprovação pode ser observada no mês de fevereiro, quando a matéria-prima teve uma recuperação de 4,4% comparada a janeiro.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (23) pelo Boletim Rural de Bovinocultura de Leite, da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul).

De acordo com a analista técnica da instituição, Eliamar Oliveira, o aumento tem reflexo comercial. “A produção está menor, o que intensifica a concorrência entre as indústrias do setor”, observa. 

Na análise dos demais produtos da cadeia produtiva, os maiores responsáveis pelo aumento foram o leite cru (spot) que cresceu 9%, a bebida láctea alcançou 0,3% e a manteiga 2,4%.

Cenário nacional

O levantamento da pesquisa trimestral de leite feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na quarta-feira (21) os resultados do ultimo trimestre de 2017 e o volume de leite captado pelos laticínios brasileiros entre outubro e dezembro totalizou 6,44 bilhões de litro, representando 3,2% a mais que no mesmo período de 2016.

Conforme análise da Scot Consultoria, Depois de dois anos em queda (2015 e 2016) o volume de leite aumentou. A queda nos custos de produção e o clima mais favorável em 2017 colaboram com este cenário de aumento da produção.

Na prática, 2017 fechou com captação de 24,12 bilhões de litros de leite, 4,1% a mais que em 2016.