Home » Cadeia do Leite » CCPR Itambé lança programa-piloto para aprimorar a gestão e a qualidade do leite

CCPR Itambé lança programa-piloto para aprimorar a gestão e a qualidade do leite

04/04/2018 08:02:50 - Por: Assessoria de Imprensa

O programa é sustentado em quatro pilares: gestão, bem-estar animal, infraestrutura da propriedade e qualidade do leite.

Responsive image

A CCPR (Cooperativa Central dos Produtores Rurais de Minas Gerais) está lançando o programa-piloto Boas Práticas na Fazenda, uma parceria entre a Central, o cooperado e a indústria, na qual toda a cadeia se beneficiará, principalmente o consumidor dos produtos Itambé. A iniciativa é um incentivo para que os sistemas de produção de leite se profissionalizem ainda mais, aprimoramento que não se restringe ao gerenciamento da atividade, mas visa também ao manejo responsável dos animais e ao controle de qualidade do leite produzido. 

O programa é sustentado em quatro pilares: gestão, bem-estar animal, infraestrutura da propriedade e qualidade do leite. Cada pilar é composto por requisitos obrigatórios, que são ações já recorrentes e preconizadas no segmento lácteo, além dos itens de boas práticas. A partir dos dados coletados nas visitas às fazendas, o cooperado participante deve cumprir os requisitos obrigatórios para o reconhecimento de Boas Práticas na Fazenda. Inicialmente, 200 propriedades leiteiras irão participar deste projeto, sendo a maioria delas selecionadas por já adotarem programas de desenvolvimento e assistência técnica, como o Programa de Melhoria da Qualidade do Leite (PMQL) e EDUCAMPO. 

“É preciso avançarmos ainda mais na qualificação dos nossos produtores de leite. O mercado é exigente em relação à qualidade da matéria-prima, e nós, mais uma vez, demonstramos a seriedade em como tratamos o assunto junto aos nossos cooperados, que não estão sozinhos neste importante trabalho”, ressalta Juliano Silveira, gerente de Suprimento de Leite da CCPR | Itambé. 

O programa Boas Práticas é mais uma parceria da CCPR | Itambé com a QCONZ América Latina, empresa de consultoria e auditoria da Nova Zelândia. Essa expertise internacional na implantação de sistemas de boas práticas é o ponto de partida da CCPR para formatar o novo programa, que tem como foco seu principal beneficiado, o produtor de leite. 

As primeiras visitas técnicas vão ocorrer ainda neste mês de março. Nelas, o cooperado receberá todo o material de descrição e registro das boas práticas (book, cartazes, procedimentos, checklists e fichas de anotações). Aproximadamente 60 dias depois, será realizada uma segunda rodada de visitas, para validação do atendimento aos critérios. 

A QCONZ, que já desenvolve esse tipo de parceria com outros laticínios, é a responsável pelas visitas técnicas às propriedades, todas elas promovidas sem custo algum para o produtor CCPR Leite. Pela perspectiva da captadora mineira, a terceira maior do Brasil, o Boas Práticas é um sistema unificado de controle. Do lado do produtor, as diretrizes claras são referências para seu sistema de produção se manter alinhado a padrões de eficiência que, com certeza, vão se traduzir em resultados.