Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/guialat/public_html/index.php:3) in /home/guialat/public_html/conecta.php on line 2

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/guialat/public_html/index.php:3) in /home/guialat/public_html/conecta.php on line 2
GuiaLat - A central dos fornecedores de laticínios 

Home » Cadeia do Leite » Argentina briga para que Brasil retire sistema de cotas na importação de leite em pó

Argentina briga para que Brasil retire sistema de cotas na importação de leite em pó

18/04/2018 09:27:48 - Por: La Nación, publicadas no Notícias Agrícolas

A cota vigente é de 4500 toneladas.

Responsive image
No próximo dia 31 de maio, o sistema de cotas para a exportação de leite em pó proveniente da Argentina para o Brasil irá vencer. Desta forma, a Argentina tentará brigar para que o sistema vigente desde 2009 seja eliminado. Em todos esses anos, o Brasil sempre recusou eliminar o sistema de cotar porque a indústria local entende que esta é uma maneira de proteger seu mercado das importações.

A cota vigente é de 4500 toneladas. No ano passado, depois de encerrada a cota, foi acordada uma ampliação para 5000 toneladas em agosto - entre negociantes privados, não entre governos.

Uma fonte do Centro da Indústria Leiteira (CIL) da Argentina confirmou ao La Nación que haverá uma luta para uma quebra desse sistema. Até então, não há data para novas reuniões. Se a indústria brasileira pretender renovar as cotas, como estava sinalizando nos últimos dias, as empresas argentinas não responderão de maneira positiva. O objetivo das indústria locais é sair desse sistema de cota.

O principal problema para a Argentina é que o Uruguai não possui cotas e, assim, ganha mercado. O Brasil é um destino chave das exportações lácteas do país - basicamente, leite em pó.