Home » Cadeia do Leite » Queijo porungo faz sucesso na região de Itapetininga/SP

Queijo porungo faz sucesso na região de Itapetininga/SP

23/04/2018 09:19:36 - Por: G1

Projeto busca valorizar a produção artesanal, que é fonte de renda de muitas famílias.

Responsive image
Trabalhar com queijo faz parte da história da família de Jolice Cardoso. Ela aprendeu o ofício com a mãe. Nos últimos anos, o porungo foi uma importante fonte de renda. O queijo tem o formato de uma cabaça, o fruto de uma trepadeira que algumas pessoas conhecem como porongo.

Jolice e o marido produzem 24 unidades por dia, quase 250 quilos ao mês. A venda é direta para clientes na região de Angatuba (SP).

A produtora conta que todas as despesas da casa, incluindo a faculdade dos filhos e custos com o rebanho, são mantidas com o lucro da venda de queijo.

Rose de Fátima Rodrigues e o marido também tiram o sustento da família da produção artesanal do porungo. Eles criam 14 vacas e a maior parte dos 100 litros de leite que conseguem por dia vai para a produção do queijo.

A fabricação de porungo se popularizou no sudoeste do estado, uma das principais regiões produtoras do país.

O professor Natan Pimentel veio de Minas Gerais, estado conhecido por ser a terra do queijo. Ele é especialista em laticínios e coordena um projeto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) no município de Buri (SP) voltado ao estudo do processo de fabricação do queijo porungo e suporte aos pequenos produtores.

O objetivo é melhorar a qualidade, agregar valor ao queijo e fazer com que a tradição dure muito mais tempo.