Home » Cadeia do Leite » Leite: Período de entressafra no RS pode melhorar preços pagos aos produtores rurais

Leite: Período de entressafra no RS pode melhorar preços pagos aos produtores rurais

10/05/2017 09:41:45 - Por: Notícias Agrícolas

Produtores recebem entre R$ 1,35 e R$ 1,45 por litro de leite no estado. Relação entre custos de produção e cotações está favorável aos pecuaristas.

Responsive image
De acordo com Darlan Palharini, secretário executivo do Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados (Sindilat-RS), o mercado de leite tem, a cada ano, uma realidade diferente. "Não dá pra ter base no ano anterior. No ano passado tivemos situação diferente de comportamento de mercado junto ao produtor e também ao próprio consumidor", diz o secretário-executivo.

Nesse instante, o Rio Grande do Sul está no período de entressafra. A safra deve começar até o final da primeira quinzena de julho. O preço para o produtor, segundo Palharini, está bem atrativo, tendo em conta os custos menores com os insumos.

O custo médio, com base no estudo da Universidade de São Paulo (USP) e da Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA), era de R$0,26 no primeiro trimestre de 2016. Em 2017, essa margem subiu para R$0,50, com produtor recebendo, em média, de R$1,35 a R$1,45 pelo litro de leite, dependendo da quantidade, da qualidade e do tipo de indústria que compra o produto.

Entretanto, depois do período de entressafra, os produtores devem ficar atentos ao clima, que ainda pode mexer com a relação do custo de produção. Uma possível ocorrência de geadas por afetar as pastagens. Por sua vez, os produtores podem optar por compra antecipada de alguns insumos, como o milho, para que esses custos não sofram muita redução no final das contas, como aconselha Palharini. 


As importações de produtos lácteos feitas pelo Brasil também são apontadas como um complicador aos produtores brasileiros pelo vice-presidente, mas ele destaca que o leite também precisa se firmar como um importante produto de exportação.