Home » Cadeia do Leite » Arla revela plano de corte de custos para economizar 400 milhões de euros em três anos

Arla revela plano de corte de custos para economizar 400 milhões de euros em três anos

25/04/2018 09:20:06 - Por: FoodBev, traduzidas pela Equipe MilkPoint

Melhorar os retornos para os produtores de leite que são proprietários da Arla e reinvestir nas áreas de negócios que impulsionam o crescimento.

Responsive image
A Arla Foods iniciou um programa de transformação que visa economizar mais de €400 milhões (US$ 494 milhões) até o final de 2020 por meio de uma melhor eficiência em todas as áreas da empresa.

Embora a iniciativa tenha sido planejada desde o final do ano passado, o escopo da ambição de economia de custos foi aumentado pela administração da Arla nos últimos meses “à luz dos desafios externos exclusivos enfrentados pela Arla como resultado da exposição da empresa à libra esterlina e desenvolvimentos desfavoráveis nos mercados de commodities”.

Chamado de Calcium, o programa visa criar eficiências com dois propósitos em mente: melhorar os retornos para os produtores de leite que são proprietários da Arla e reinvestir nas áreas de negócios que impulsionam o crescimento. O CEO da Arla Foods, Peder Tuborgh, disse: “Na Arla Foods, sempre tivemos uma cultura e um forte histórico de criação de eficiência e remoção de custos para o benefício de nossos proprietários, clientes e consumidores, então nesse sentido nada é novo”.

“O que é novo, no entanto, são dois acontecimentos inesperados que nos atingiram, ambos fora do nosso controle. Estes são o impacto cambial do Brexit em nosso desempenho real e o impacto da reversão nos preços das commodities sobre gordura e proteína em nosso desempenho relativo contra nossos pares internacionais. Esses desenvolvimentos impactaram negativamente nossa lucratividade e, como empresa responsável, precisamos agir para remover o impacto desses novos desenvolvimentos, e a ação que estamos realizando é um programa de transformação de três anos que abrange todo o nosso negócio e se propõe a restaurar nossa lucratividade”.

O programa Calcium cobrirá atividades em toda a Arla, incluindo produção, produtos, compras, marketing promocional e pessoas. O objetivo é liberar todo o potencial da organização da Arla, transformando formas de trabalho, reduzindo a burocracia e as complexidades e cortando custos.

Da redução total de custos de mais de € 400 milhões (US$ 494 milhões), a Arla espera devolver cerca de € 300 milhões (US$ 370 milhões) aos produtores através do preço do leite na fazenda, com a economia adicional sendo reinvestida na estratégia Good Growth 2020 da empresa para estimular o crescimento e melhorar a rentabilidade. "O Calcium tem um alto nível de envolvimento entre os nossos funcionários e está galvanizando e energizando o nosso pessoal para oferecer melhores retornos para os nossos produtores, e eu estou incrivelmente orgulhoso deles".

A Arla disse que é muito cedo para divulgar publicamente quais serão as consequências dentro de áreas específicas da empresa, incluindo o número de empregos que serão afetados pelo trabalho em andamento. Nos resultados do ano, divulgados em fevereiro, a Arla registrou um aumento de 8,1% na receita, para €10,3 bilhões (US$ 12,7 bilhões), devido aos maiores preços de vendas e ao aumento da demanda global por produtos lácteos.

Em 23/04/18 – 1 Euro = US$ 1,2347
0,8099 Euro = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)