Home » Cadeia do Leite » França proíbe rotulagem de produtos vegetais usando termos como carne e leite

França proíbe rotulagem de produtos vegetais usando termos como carne e leite

08/05/2018 08:17:08 - Por: Drovers, traduzidas pela Equipe MilkPoint

Isso inclui produtos originários de animais como bife, queijo, linguiça ou qualquer outro termo usado para carnes e lácteos tradicionais.

Responsive image
Os alimentos veganos e vegetarianos não podem mais ser rotulados com termos específicos de carne ou lácteos, como "hambúrguer" ou "leite" na França. Uma emenda aprovada pelo parlamento francês tornou ilegal aos processadores de alimentos rotular alimentos vegetarianos e veganos com a terminologia comumente usada para carne e produtos lácteos. Isso inclui produtos originários de animais como bife, queijo, linguiça ou qualquer outro termo usado para carnes e lácteos tradicionais.

De acordo com a British Broadcasting Company, uma violação da nova lei pode resultar em multas de até 300.000 euros (US$ 363.156). A emenda foi proposta por Jean Baptiste Moreau, agricultor e membro do Parlamento da França, e aprovada em 19 de abril em um projeto de lei agrícola. Moreau também é membro do partido político do presidente Emmanuel Macron, La République En Marche.

“É importante combater falsas alegações. Nossos produtos devem ser designados corretamente: os termos "cheese" ou "steak" serão reservados para produtos de origem animal”, disse Moreau em um tweet.

Moreau argumentou que os rótulos de lácteos ou carne em comida vegana e vegetariana eram enganosos para os consumidores. Um processo judicial de 2017 pelo Tribunal de Justiça Europeu serviu de precedente, porque esse caso determinou que os alimentos de origem vegetal não podiam mais usar termos como leite, manteiga e queijo para rotular produtos na União Europeia.