Home » Cadeia do Leite » Projeto incentiva a produção de leite do Agreste de Pernambuco

Projeto incentiva a produção de leite do Agreste de Pernambuco

14/06/2018 10:15:48 - Por: Diário de Pernambuco

Com o investimento de R$ 315 mil, parceria entre AD Diper e Sebrae vai beneficiar 70 pequenos produtores da região.

Responsive image
A Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) lança nesta quinta-feira (14), em parceria com o Sebrae, o projeto Produção Intensiva de Leite, que visa fortalecer a cadeia produtiva na região do Agreste Meridional de Pernambuco. No total serão beneficiados 70 pequenos produtores dos municípios de Águas Belas, Buíque, Itaíba, Pedra e Tupanatinga. O lançamento ocorrerá, a partir das 10h, no Escritório Regional do Sebrae, em Garanhuns. 

Os investimentos totais da iniciativa chegam ao montante de R$ 315 mil, sendo um pouco mais de R$ 100 mil por parte da AD Diper e o restante bancado pelo Sebrae. “O projeto se faz muito importante, pois se trata de um acompanhamento técnico em várias áreas temáticas como gestão, saúde animal, higiene e principalmente a nutrição animal, visto que tem sido um grande gargalo nesses últimos anos de seca”, explica o gerente de Arranjos Produtivos Locais da AD Diper, Álvaro França.

Ranking

Segundo dados do IBGE, em 2016, Pernambuco ocupava a 8ª posição com 839.029.000 litros produzidos dentre os estados do Brasil na produção de leite, perdendo para Minas Gerais (maior produtor), Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Goiás, São Paulo e Bahia. Produção de leite dos municípios contemplados por este projeto em 2016, segundo o IBGE: 

Águas Belas: 45.692.000L, 4ª posição dentre os municípios de PE;
Buíque: 49.700.000L, 3ª posição dentre os municípios de PE;
Itaíba: 43.800.000L, 6ª posição dentre os municípios de PE;
Pedra: 68.300.000L, 2ª posição dentre os municípios de PE;
Tupanatinga: 28.800.000L, 8ª posição dentre os municípios de PE.