Home » Cadeia do Leite » Da mozarela à muçarela: uma história de sabor e paixão

Da mozarela à muçarela: uma história de sabor e paixão

07/07/2017 09:21:06 - Por: Portal do Queijo

O queijo muçarela é o mais consumido no Brasil e no mundo.

Responsive image
O queijo muçarela é o mais consumido no Brasil e no mundo. Seu delicado e suave sabor, a ausência de acidez e sua corriqueira aplicação em pizzas, salgados, sanduíches e petiscos em geral contribui bastante para seu consumo em larga escala.

A mozarela, em italiano, é um legítimo queijo de leite de búfala original do sul da Itália e os primeiros registros de sua produção se deram nos tempos da Roma antiga. Segundo lenda que se perpetua no tempo, ela foi criada acidentalmente, quando uma coalhada de queijo caiu dentro de um balde de água quente, em uma fábrica de queijos, perto de Nápolis, na Itália.

No Brasil, este queijo chegou entre os anos de 1860 e 1890, quando cerca de 974 mil imigrantes italianos aportaram por aqui. Desde então, sua disseminação foi rápida por meio de seu alto emprego na culinária italiana, que rapidamente ganhou os corações brasileiros.

Contudo, aqui, em nosso país, criou-se uma nova receita feita com leite de vaca e adição do corante urucum, que produz a coloração levemente amarelada do produto nacional. Esta fórmula brasileira é, hoje, a mais consumida por aqui.

O termo italiano mozarela foi aportuguesado em duas formas: muçarela, que denomina o queijo feito com leite de vaca; e mussarela de búfala, que distingue a receita mais original feita com leite de búfala.

Atualmente, encontram-se quatro tipos de produção nacional de mussarela: artesanal, feita com leite cru; e industrial, com leite pasteurizado, que se subdivide em processo industrial manual, processo industrial em maior escala semiautomatizada e processo industrial em maior escala automatizada.

A principal diferença entre a muçarela e a mussarela de búfala é que esta segunda possui uma massa de sabor mais leve, delicado e suave. Além disso, ela também contém um teor muito mais alto de cálcio, proteína e vitamina A e ainda oferece o dobro de ômega 3 da muçarela.

Além das características do sabor, a elasticidade e o bom ponto de derretimento deste queijo são responsáveis por sua popularização na gastronomia e, principalmente, na produção das pizzas, que ficam bem mais apetitosas com a iguaria. E por falar em pizza, confira a pesquisa que atesta a muçarela como melhor ingrediente queijeiro para esta delícia.