Home » Cadeia do Leite » Dália e Emater/RS-Ascar estudam trabalho conjunto visando melhorias aos produtores no campo

Dália e Emater/RS-Ascar estudam trabalho conjunto visando melhorias aos produtores no campo

14/07/2017 09:27:32 - Por: Assessoria de Imprensa Dália Alimentos. Foto: Carina Marques

O objetivo foi estreitar o relacionamento entre cooperativa e instituição de extensão rural, levando melhorias de produção e produtividade, promovendo a sustentabilidade da pequena propriedade.

Responsive image
A Dália Alimentos foi anfitriã de um encontro de integração entre Direção e equipe técnica da Dália com a Gerencia Regional e o quadro de extensionistas da Emater/RS-Ascar. O evento foi realizado na quarta-feira, dia 12 de julho, no Centro de Cultura, no Parque Dália. O objetivo foi estreitar o relacionamento entre cooperativa e instituição de extensão rural, levando melhorias de produção e produtividade, promovendo a sustentabilidade da pequena propriedade.

Coube à Dália fazer a apresentação dos programas de assistência técnica e de produção ligados ao gado leiteiro, dentre os quais o Leite Saudável, a Escola do Leite e o Vale dos Lácteos, que foram detalhados aos participantes pelo gerente da Divisão Produção Agropecuária, Igor Weingartner; pelo supervisor do Setor de Gado Leiteiro, Fernando Oliveira de Araujo e pelo médico veterinário, Luciano Redü. Hoje, a Dália Alimentos possui 2.131 produtores associados produzindo leite.

À Emater/RS-Ascar também coube elencar os projetos, os serviços e as ações desenvolvidos junto aos agricultores no campo. As explanações foram feitas pelo gerente do Escritório Regional de Lajeado, Marcelo Antônio Araldi Brandoli, que reiterou o interesse de formatar a parceria com a Dália, no que se refere à assistência técnica. “A Emater/RS-Ascar sempre defendeu e apoiou o cooperativismo e temos a mesma finalidade, que é a redução de custos aos produtores e o seu bem-estar. A próxima etapa será montar um plano de ação com a intenção de elaborar um consenso entre ambas as equipes técnicas para, assim, iniciar os trabalhos”.

O presidente Executivo da Dália Alimentos, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, apontou as dificuldades que o setor leiteiro enfrenta para viabilizar a produção e também um dos principais empecilhos da atualidade: a importação de leite. Freitas sugeriu um engajamento entre Dália e Emater/RS-Ascar, principalmente visando à qualificação da parte agrícola, com a finalidade de reduzir os custos de alimentação do rebanho. “A Emater/RS-Ascar tem um fantástico know-how em agricultura e pecuária. Nossa ideia está justamente em unir forças e conhecimento e fazer a junção dos interesses para um bem comum, que é a viabilidade da atividade agrícola.”
 
Caminhão para os condomínios

No dia também foi realizada a entrega de um caminhão-tanque distribuidor de dejetos que será utilizado para o transporte de dejetos pelos quatro condomínios leiteiros da Dália Alimentos. O veículo foi viabilizado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), com recursos provenientes de linhas de crédito do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (FEAPER), totalizando aporte no valor de R$ 200 mil. A Emater/RS-Ascar também teve participação na aquisição do caminhão, auxiliando na elaboração e no encaminhamento do projeto para acesso à linha de financiamento.

O chefe de gabinete da SDR, Osmar Redin, que no ato representou o secretário de Estado Tarcísio Minetto, fez a entrega da chave do veículo ao vice-presidente do Conselho de Administração da Dália Alimentos, Pasqual Bertoldi. Redin disse que “políticas públicas vão para aqueles que trabalham de forma organizada e a Dália está no caminho certo com este projeto de condomínios no modelo associativo”.

O presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, frisou que o veículo era uma necessidade dos condôminos, tendo em vista o alto volume de dejetos gerados diariamente em cada unidade. Agradeceu ao secretário Minetto pela mobilização, enfatizando seu engajamento e parceria com o cooperativismo e com a Dália Alimentos. “Em uma época que falamos em otimizar resultados e racionalizar gastos, este caminhão vem em boa hora e ajudará a reduzir os custos da produção leiteira”. Também participou do ato os presidentes dos condomínios de Arroio do Meio, Eloir Lohmann; de Nova Bréscia, Admir Lorenzon e de Candelária, Jaino Finkler.