Home » Cadeia do Leite » Nova invenção promete detectar doenças em rebanho por meio de sensor

Nova invenção promete detectar doenças em rebanho por meio de sensor

01/11/2018 09:10:25 - Por: Canal Rural

Segundo o responsável pelo projeto, a ferramenta vai reduzir drasticamente o tempo de resposta e problemas de sanidade animal nas fazendas.

Responsive image
Pesquisadores irlandeses desenvolveram um novo sensor de testes em animais que pode detectar doenças em bovinos e permitir que pecuaristas e veterinários isolem um animal afetado antes que a infecção possa se espalhar para o resto do rebanho. Segundo artigo publicado no site Ireland Farmer, o sensor é do tamanho de uma moeda e pode ser preenchido com vários soros de detecção de doenças que podem ser diagnosticadas no local uma infecção.

A velocidade do sensor poderia acabar com o tempo de espera de uma semana entre o diagnóstico por um veterinário de um problema na fazenda e a obtenção dos resultados dos testes dos laboratórios.  A tecnologia portátil “transformará veterinários em laboratórios ambulantes”, de acordo com o químico analítico líder do projeto, Alan O’Riordan.

O cientista disse à publicação que o desenvolvimento era parte da iniciativa geral de “digitalizar a agricultura” e reduzir drasticamente os tempos de resposta a problemas de doenças na fazenda. O sensor foi usado com sucesso para detectar condições como diarreia viral bovina e Rinotraqueíte Infecciosa Bovina (IBR) e está sendo testado para verificação de fasciolose.

Na pesquisa secundária, o dispositivo foi usado para testar fungos e bactérias em cevada e sementes de batata. Há esperanças de que ele possa eventualmente ser usado para identificar a poluição em cursos de água. O sensor já foi patenteado na Irlanda, Europa e Estados Unidos, e O’Riordan espera que o produto seja lançado no mercado até o final de 2019.

“Até agora, o sensor mostrou resultados bem-sucedidos na detecção de doenças em bovinos, principalmente no setor lácteo, e acelerou a maneira como lidamos com esses surtos de infecção”, disse. Embora o programa de testes tenha sido principalmente em rebanhos leiteiros, o dispositivo pode ser usado para identificar todos os tipos de doenças e infecções com bovinos em geral e com ovelhas.