Home » Cadeia do Leite » Leite: prevenção de doenças é essencial para aumentar volume produzido

Leite: prevenção de doenças é essencial para aumentar volume produzido

27/10/2017 10:25:09 - Por: Canal Rural

Segundo pesquisadora, no Brasil, o controle sanitário fica muito restrito ao tratamento de sintomas visíveis e à cura de doenças.

Responsive image
Bom manejo sanitário é princípio básico para quem quer mais volume de leite. A afirmação é da pesquisadora do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) Natália Salaro Grigol, que integra o projeto da Caravana da Produtividade. Segundo ela, no Brasil, o controle fica muito restrito ao tratamento dos sintomas visíveis e a à cura da doença. 

“Para a atividade leiteira já é comprovado que o manejo preventivo é essencial, principalmente quando a gente fala de doenças que causam um grande incômodo ao produtor. É uma mudança de conceito do pecuarista. Não é um custo, é um investimento”, afirma Natália. 

Carlos Marchioro, de Sarandi (RS), investiu bastante nos últimos dois anos, mas mesmo assim, no último ano, cerca de dez animais acabaram sofrendo de mastite, que é a principal doença quando se fala de gado leiteiro. “Ainda hoje o que mais acarreta prejuízo é a mastite. Hoje, cerca de R$ 1 mil. Na margem que nós temos. é muito dinheiro”, conta Marchioro.

O coordenador da empresa farmacêutica Boehringer Ingelheim, Cristiano Stefanello Bublitz, apresenta uma possível solução: a bisnaga intramamária, que promete bons resultados. “É a primeira bisnaga no mercado na base de canamicina e neomicina, que são princípios ativos. A canamicina é um princípio ativo exclusivo como intramamário da Boehringer, e isso faz com que melhore as taxas de cura”, diz Bublitz.