Home » Cadeia do Leite » Danone e fundo lançam projeto para preservação da água no RJ

Danone e fundo lançam projeto para preservação da água no RJ

21/02/2018 09:04:01 - Por: Valor Econômico

Em parceria com o Sebrae, empresa está implementando iniciativa que vincula conservação da água e agricultura sustentável.

Responsive image
A francesa Danone, em parceria com o Sebrae/RJ e com apoio do fundo de investimentos Livelihoods, está implementando projeto que vincula conservação da água e desenvolvimento econômico sustentável em área rural entre Nova Iguaçu e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

O projeto, denominado Caruanas, com investimento total de R$ 5,5 milhões, tem como objetivo promover a conservação da água juntamente com o uso sustentável da terra na região, segundo a francesa Danone, que opera uma fábrica de água mineral Bonafont, em Tinguá, na região de Nova Iguaçu.

Em comunicado, a empresa informa que a parceria irá permitir aos agricultores em torno da bacia hidrográfica uma transição para uma agricultura 100% livre de agrotóxicos. Abrirá ainda oportunidade para a criação de polo de produção orgânica no Estado. A intenção é "entregar até 2026 um ecossistema sustentável que engloba agricultura orgânica, incremento de renda no campo e alimentação saudável".

O projeto prevê que o os produtores rurais da região receberão um kit de iniciação agroecológica, de uma metodologia aplicada pelo Sebrae/RJ. Nesse modelo, a irrigação é feita por sistema de gotejamento e alimentada por energia solar. Além disso, segundo a Danone, os agricultores serão treinados durante 30 meses e irão aprender técnicas de produção e formas de acesso a mercados.

"A preservação dos recursos hídricos é a base para o nosso negócio de água mineral, a qual não precisa de nenhum tratamento. Além disso, temos a preocupação e o cuidado com as comunidades locais em torno das nossas unidades fabris", diz Ricardo Vasques, diretor geral da divisão Danone Águas Brasil, no comunicado.

Conforme a empresa, o projeto vai beneficiar os produtores, que terão melhoria na renda e acesso a mercados de longo prazo, praticando uma agricultura livre de agrotóxicos. Vai também garantir a preservação dos recursos hídricos.

O fundo de investimento Livelihoods foi criado por empresas privadas com o intuito de gerar impacto social, ambiental e econômico na África, Ásia e América Latina. Há dois fundos em atuação: o Livelihoods Carbon Fund e o Livelihoods Funds for Family Farming. Empresas como Danone, Mars, Veolia, Firmenich, Crédit Agricole SA, Schneider Electric, Michelin, Hermès, SAP, La Poste, Groupe Caisse des Dépôts & Voyageurs du Monde já investiram nos dois fundos.