Home » Cadeia do Leite » Iniciativa da indústria, programa incentiva mais lácteos nas redes de fast food dos EUA

Iniciativa da indústria, programa incentiva mais lácteos nas redes de fast food dos EUA

06/03/2018 09:24:20 - Por: Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint

Mais de 6.000 lojas da Pizza Hut nos EUA estão adicionando 25% mais queijo às pan pizzas.

Responsive image
Mais de 6.000 lojas da Pizza Hut nos EUA estão adicionando 25% mais queijo às pan pizzas. Este fato resulta em uma demanda de 68 milhões de quilos a mais de leite por ano para atender a mudança, disse o Dairy Management Inc. (DMI). O esforço para adicionar 25% mais de queijo nas pizzas veio após o DMI compartilhar dados de pesquisas e insights para ajudar a convencer a cadeia de restaurantes que os consumidores querem mais queijo nas pizzas.

Isso levou a uma discussão sobre o quanto de queijo deveria ser adicionado à receita da pan pizza da rede e que faria uma diferença notável com os consumidores. O projeto foi liderado pelo cientista de lácteos, Nitin Joshi, um funcionário do DMI que trabalha na sede do Pizza Hut em Plano, Texas. Para garantir que todas as pizzas fossem preparadas consistentemente nas 6.000 lojas, a equipe realizou sessões de treinamento com operadores da franquia sobre como replicar a receita.

Parte de um esforço maior

Injetar mais queijo na produção da Pizza Hut faz parte de um programa nacional chamado dairy checkoff, uma iniciativa da indústria para aumentar a demanda por produtos lácteos nos menus de fast food. O programa inclui parcerias adicionais com Domino’s, McDonalds e Taco Bell.

Os esforços nacionais do dairy checkoff também se estenderam internacionalmente por meio de uma parceria com a Yum! Brands, dona da KFC, Pizza Hut e Taco Bell, a fim de aumentar as vendas de produtos lácteos dos EUA nas regiões da América Latina e do Caribe e Ásia-Pacífico.

O aumento desta demanda da Pizza Hut ajudará a superar o excedente de leite causando uma pressão de baixa sobre os preços da matéria-prima nos EUA. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estimou que a indústria de lácteos do país produzirá 9,9 bilhões de quilos de leite em 2018, que, embora seja um volume um pouco menor do que a produção de 2017, ainda supera a demanda do mercado, fazendo com que os preços do leite continuem a cair.