Home » Cadeia do Leite » Arla Foods busca maior conexão com os seus consumidores

Arla Foods busca maior conexão com os seus consumidores

10/05/2018 08:45:09 - Por: Dairy Reporter, traduzidas e resumidas pela Equipe MilkPoint

Os consumidores estão procurando produtos com rótulos limpos, empresas 100% transparentes e autênticas.

Responsive image
A Arla Foods está olhando para uma nova geração de consumidores por meio do conceito de "The New Natural" - que engloba sustentabilidade, rótulo limpo, pensamento ético e muito mais. Hanne Sondergaard, EVP e CMO da Arla Foods na Dinamarca, explica que o conceito tem quatro pontos, o que se aplica aos consumidores da geração Y e Z.

Os consumidores estão procurando produtos com rótulos limpos; empresas 100% transparentes e autênticas; que atuam de forma ética e sustentável e produtos que apresentam formatos e experiências novas e interessantes que se adequam aos seus estilos de vida. O Dairy Reporter falou com Sondergaard sobre o conceito e como a estratégia da Arla se conecta com esses consumidores.

Rótulo limpo

“Quando começamos o trabalho sobre este conceito com a Arla, que foi há cerca de 10 anos, o foco era ‘limpar produtos’ de ingredientes artificiais, estabilizadores, corantes e aromas. E muito do trabalho que temos feito ao longo dos anos tem sido constantemente a ‘limpeza’ dos nossos produtos. Hoje temos cerca de 98% dos nossos produtos sem quaisquer ingredientes artificiais e, a meu ver, isso já se tornou um nível básico para o setor de alimentos”.

A transparência é importante

Sondergaard também enfatizou a importância da transparência na comunicação dos ingredientes do produtos. “Você pode ver de onde vem os produtos e quem é a empresa que os trouxe ao mercado. Hoje os consumidores usam o Google, o Facebook, o WeChat e outros, para descobri-los. Vemos os consumidores cada vez mais interessados em sustentabilidade e eles estão procurando por empresas como nós para ajudá-los a tornar o planeta melhor para o futuro. Eles querem ter soluções que se ajustem aos seus estilos de vida, como o blockchain, uma tecnologia que permite a transparência. A tecnologia pode nos ajudar e vai. Com transparência, mostramos o que há em nossos produtos, como eles são fabricados e o bem-estar das nossas vacas. Atualmente, as pessoas estão interessadas nisso tudo como nunca antes”.

Procura por novos produtos

A geração do milênio (ou millennials) e os consumidores da geração Z estão na vanguarda de uma mudança para produtos baseados em vegetais, mesmo que não estejam mudando para uma dieta inteiramente vegana. Sondergaard disse que a Arla vê as mesmas tendências. No entanto, ela disse que a tendência de produtos vegetais também está relacionada aos consumidores que procuram coisas novas.

"O que fica disso para nós é: como podemos tornar os nossos produtos relevantes? Um setor de crescimento rápido é o de consumo fora de casa. Trabalhamos muito sobre como podemos produzir alimentos nutritivos, de alta qualidade e saborosos, que possam ser consumidos em qualquer lugar e sejam fontes de proteínas saudáveis”.

Estar dentro do alcance

Enquanto os consumidores que fazem compras em lojas de produtos naturais ou supermercados de luxo estão mais abertos a gastar mais e experimentar novas coisas, como as empresas podem alcançar o mercado de massa com produtos inovadores que podem custar um pouco mais?

“Acredito que a chave é encontrar algo que seja nutritivo, algo que tenha bom gosto, algo que você possa comer em qualquer lugar. Você pode encontrar iogurte, mas eles não estão saciando o suficiente. Acho que todos conhecemos essa sensação de comprar um iogurte e ainda sentirmos fome depois. Com o skyr, conseguimos ter mais proteína, e consequentemente, mais saciedade com o produto. Isso com um preço com o qual podemos competir facilmente”.

Sondergaard disse que o skyr está disponível em formato de bebida e que a empresa está constantemente trabalhando em novos produtos.

Fidelidade à marca

Mas os consumidores da geração do milênio e da geração Z são leais ou preferem comprar produtos independentemente da marca?

“Essas gerações gostam de explorar e de experimentar coisas novas. Eles se preocupam muito com a representação da marca e se a mesma oferece a experiência que eles estão procurando”.

A mensagem do produtor

“Temos trabalhado muito com nossos produtores de leite há anos, mas não necessariamente falamos muito sobre isso com os consumidores. Tudo o que fazemos com eles [produtores] é interessante para as pessoas. E este tem sido um aprendizado grande para nós. Os consumidores estão procurando entender a história completa sobre o que está por trás dos produtos que eles compram”. Ela disse que os produtores estão utilizando um novo sistema digital que permite capturar dados diariamente.

“E a partir disso, teremos um grande banco de dados. Todo esse conjunto de informações permitirá que avancemos. Também, nos permitirá falar sobre o que acontece na fazenda, tanto na embalagem do produto, como digitalmente. Será um grande passo levarmos isso ao mercado”, completou.