Home » Cadeia do Leite » Israel está exportando mais produtos lácteos

Israel está exportando mais produtos lácteos

21/05/2018 08:59:24 - Por: Artuz Sheva, traduzidas pela Equipe MilkPoint

As exportações de produtos lácteos em 2017 aumentaram 21% em relação a 2016, totalizando US$ 21 milhões. A maioria das exportações foi para a União Europeia.

Responsive image
Uma análise feita pelo Departamento de Economia do Instituto de Exportação de Israel mostrou que as exportações de produtos lácteos em 2017 aumentaram 21% em relação a 2016, totalizando US$ 21 milhões. A maioria das exportações foi para a União Europeia (UE).

Essa tendência continuou no primeiro trimestre de 2018, com janeiro-março de 2018 mostrando um aumento de 10% nas exportações de produtos lácteos em comparação com o mesmo período do ano anterior. Durante esses três meses, as exportações de lácteos trouxeram US$ 5,6 milhões para a economia israelense.

A maior parte do aumento foi graças ao crescimento de 29% na exportação de produtos lácteos para a América do Norte. Enquanto as exportações para o continente diminuíram em 2015-2016, começaram a se recuperar a partir de 2017. No entanto, durante o período entre 2011 e 2015, as exportações de produtos lácteos geraram uma média anual de US $ 28 milhões.

Em 2017, as exportações de Israel para a América do Norte cresceram 51%, enquanto as exportações para a UE cresceram 29% e as vendas para a Ásia cresceram 15%. As exportações norte-americanas geraram US$ 10,6 milhões, um aumento de 4,5% em relação a 2016, enquanto as para a UE geraram US$ 6 milhões. As exportações para a Ásia cresceram 12%, para US$ 3 milhões.

O primeiro trimestre de 2018 viu 62% das exportações enviadas para a América do Norte, totalizando US$ 3,5 milhões. As exportações para a UE representaram 38% do total, por um valor de US$ 1,6 milhão, enquanto as da Ásia tiveram um valor de US$ 300.000 - uma queda de 64% quando comparado ao mesmo período de 2017.