Home » Cadeia do Leite » Feagro projeta genética da raça Jersey de Santa Catarina

Feagro projeta genética da raça Jersey de Santa Catarina

06/06/2017 10:20:24 - Por: Diário do Comércio

O comércio é peculiar porque como o Estado é livre de aftosa sem vacinação, o animal que sai não pode retornar.

Responsive image
Um dos maiores polos mundiais de genética da raça Jersey, Braço do Norte, no Sul de Santa Catarina, realiza de hoje até domingo mais uma edição da Feagro, a exposição agropecuária que há 25 anos colabora para projetar o desenvolvimento da bovinocultura de leite. Nesta edição, os produtores têm vários motivos para comemorar. 

Um deles é o título de Capital Nacional do Jersey e outro é a inclusão de duas mostras catarinenses no circuito de cinco da raça no país: a de Braço do Norte e a de Chapecó. E uma conquista estadual, mas muito comemorada em Braço do Norte também foi o avanço de SC no ranking dos maiores produtores de leite do país este ano. Do quinto lugar, o Estado subiu para o quarto lugar. 

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico de Braço do Norte e presidente da Feagro, Adir Engel, o município conta atualmente com cerca de 1.100 propriedades rurais com Jersey, mas a região toda soma de 7 mil a 8 mil propriedades. Do total de vendas, cerca de 80% são para propriedades de SC e 20% para outros estados. O comércio é peculiar porque como o Estado é livre de aftosa sem vacinação, o animal que sai não pode retornar. 

Quem cuida do aprimoramento genético da bovinocultura de SC é a Associação Catarinense de Criadores de Bovinos (ACCB). A presidente da ACCB para o Sul do Estado e conselheira fiscal da entidade catarinense, Maria Rosinete Effeting, afirma que a genética está avançando em qualidade e mercado. 

— A gente está conseguindo produzir cada vez mais melhoramento genético e o mercado está respondendo muito bem. É alta a procura por animais. Não estamos dando conta de atender toda demanda – afirma Rosi Effeting. 

Braço do Norte já teve fêmea Jersey premiada que foi vendida por R$ 70 mil. Outras por R$ 50 mil e R$ 40 mil. A maioria dos animais puro de origem (PO) e puro por cruza (PC) é vendida por preço de R$ 4 mil a R$ 8 mil. Conforme Rosi, os preços estão favoráveis e permitem um retorno positivo para os produtores.

Quase 400 animais na vitrine

Uma estrutura organizada abriga a Feagro em Braço do Norte. A feira expõe 390 animais da raça Jersey e outros animais. Contará com jurados nacionais que classificarão animais em 18 categorias, a exemplo do que será feito nas outras quatro mostras nacionais da raça. Para facilitar as compras de vacas de leite, haverá um balcão de negócios na mostra e linhas de crédito para financiar a aquisição de animais.