Home » Cadeia do Leite » Assistência Técnica e Gerencial atenderá mais 110 produtores de leite em Mato Grosso

Assistência Técnica e Gerencial atenderá mais 110 produtores de leite em Mato Grosso

08/06/2017 09:39:24 - Por: CenárioMT

A ideia do programa é propiciar ao produtor as ferramentas necessárias para o gerenciamento correto da propriedade.

Responsive image
A partir desta semana mais 110 produtores de leite mato-grossenses passam a receber Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), ofertada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-MT). A parceria com o laticínio Vencedor Indústria e Comércio de Produtos Lácteos Ltda inclui 80 produtores da região oeste no SENAR Tec Leite. Além desta, a outra parceria é com a prefeitura de Nova Ubiratã e garante a assistência técnica para mais 30 produtores de leite no município.

Para o superintendente da instituição, Otávio Celidonio, estas parcerias são marcantes na história do SENAR-MT. “O nosso objetivo é levar capacitação e qualificação e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida e a renda do produtor”.

A gestão da propriedade é outro ponto importante citada por Celidonio. Aqueles que participam do SENAR Tec Leite recebem mensalmente a visita de um técnico credenciado junto ao SENAR-MT que orienta o produtor sobre todas as atividades relacionadas à produção do leite. “Além disso,  auxilia nas anotações e também na analise dos resultados obtidos ao longo do mês”.

O gerente administrativo do Laticínio Vencedor de São José dos Quatro Marcos, Elizeu Francisco dos Santos acrescenta que esta parceria com o SENAR-MT vai ajudar a despertar no produtor um interesse ainda maior para melhorar a produtividade. “Ele vai investir em boas práticas, melhoramento genético e, com isso, consequentemente vai melhorar sua relação de custo e benefício”.

Santos enfatiza que em parceria com o Sindicato de Produtores Rurais de São José dos Quatro Marcos já levou vários treinamentos do SENAR-MT para os colaboradores do laticínio.  “O nosso principal objetivo é aumentar a produção e melhorar a qualidade do nosso produto”.

Assim como o gerente administrativo do laticínio Vencedor, o prefeito de Nova Ubiratã, Valtenir José dos Santos também garante que essa parceria é muito positiva. Ele conta que em seu município serão atendidos 30 produtores. “É uma união que só vai contribuir ainda mais para melhorar a qualidade do leite e aumentar a produtividade.

Ele conta ainda que, em Nova Ubiratã a bovinocultura de leite está em pleno desenvolvimento e que, por meio, do Sindicato de Produtores Rurais já fez várias parcerias para levar capacitação aos produtores. “Temos certeza que vamos melhorar não só a vida dos produtores, como também a geração de emprego e renda em nosso município”.

O prefeito também chamou a atenção para a gestão, um dos principais pontos do Programa SENAR Tec Leite. “Levar a gestão para dentro da propriedade é uma ação muito importante e necessária nos dias de hoje. O produtor que souber coletar os dados e analisa-los terá condições de tomar decisões mais acertadas e, consequentemente melhorar a relação custo e benefício”.

Pontes e Lacerda – O SENAR Tec Leite foi implantado na região de Pontes e Lacerda e atende atualmente cerca de 120 produtores de leite da região. O SENAR Tec Leite já oferece Assistência Técnica Gerencial (ATG) no município de Pontes e Lacerda. A ideia do programa é propiciar ao produtor as ferramentas necessárias para o gerenciamento correto da propriedade. Os técnicos do SENAR-MT auxiliam os produtores de leite a entender o seu custo de produção e a ter um olhar diferenciado para várias atividades executadas dentro de uma propriedade rural. As visitas dos técnicos às propriedades acontecem mensalmente.