Fiscais agropecuários farão treinamento em boas práticas e bem-estar animal

11-04-2019 09:00:05 - Por: Assessoria de Imprensa da Afagro

O curso é destinado a auditores fiscais federais, fiscais estaduais agropecuários e aos fiscais municipais, bem como aos médicos veterinários que atuam com extensão rural e fomento.

Responsive image
Os fiscais agropecuários que atuam no Rio Grande do Sul podem se inscrever para treinamento gratuito com foco em boas práticas e bem-estar animal. A capacitação, promovida pelo Ministério da Agricultura (Mapa) em parceria com a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), ocorre de 23 a 25 de abril, no município de Marau. O curso é destinado a auditores fiscais federais, fiscais estaduais agropecuários e aos fiscais municipais, bem como aos médicos veterinários que atuam com extensão rural e fomento.

O principal objetivo do treinamento é atualizar as técnicas de insensibilização em bovinos, suínos, aves e peixes, bem como melhorar o controle nesta etapa. Segundo o veterinário Richard Alves, diretor da Associação dos Fiscais Agropecuários do Rio Grande do Sul (Afagro), a insensibilização é um ponto crítico muito importante, e o fiscal que atua no frigorífico deve estar atento ao momento em que ela ocorre.

“O abate precisa ter a insensibilização bem feita para que o animal não sinta dor e nem tenha alguma reação aversiva ou outras sensações que não estejam de acordo com o bem-estar animal”, alerta Alves. Segundo ele, a capacitação é importante para que o fiscal agropecuário consiga avaliar bem os pontos críticos pelo qual o animal passa ao longo do processo da produção agropecuária.

No treinamento, ainda será abordada a etapa do transporte de animais vivos. Desde 2017, com novo Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RIISPOA), o embarque também passou a ser controlado pelo fiscal que fica na indústria. Na hora do desembarque, devem ser observadas informações como horário de embarque para saber há quanto tempo o animal está em jejum, por exemplo.

Outro tema que será abordado na capacitação é a legislação e a fiscalização do bem-estar animal em uma perspectiva jurídica. Para falar sobre este assunto, o curso contará com a participação da advogada especialista Carolina Toschi Maciel, da Humane Society International, para esclarecer dúvidas sobre as normas que norteiam a atuação da fiscalização agropecuária neste controle.

A Afagro acredita que a atualização constante dos fiscais é importante para que eles possam desempenhar sua função sempre da melhor forma possível, de acordo com as normas vigentes. Pelo menos 30 fiscais estaduais agropecuários ligados à entidade devem participar do treinamento, que é gratuito e ocorrerá das 8h às 18h, durante três dias, na Casa de Cultura de Marau. Os servidores fazer contato pelo e-mail bea@agricultura.rs.gov.br.

Todos os interessados em participar devem fazer inscrição prévia pelo e-mail treinamento@acim-marau.com.br. Informações pelo telefone (54) 3342.8105. A atividade tem o apoio da Prefeitura de Marau e da Associação Comercial e Industrial (ACIM) do município. Confira abaixo a programação.

Treinamento em boas práticas e bem-estar animal

Dia 22/04/2019 (segunda-feira) – Deslocamento de palestrantes e participantes.

Dia 23/04/2019 (terça-feira) – carga horária 8 h

Manhã - Horário: 8h às 12h
Instrutores: AFFA Lizie Buss/CBPA/SDI/MAPA

• Das “cinco liberdades” para “uma vida que vale a pena ser vivida”: O que há de novo nos conceitos sobre bem-estar animal;
• Relação entre bem-estar animal e sustentabilidade: Porque precisamos de políticas públicas para o bem-estar dos animais de produção;
• Relação entre Bem-estar Animal e Resistência aos Antimicrobianos;
• Teoria do Elo;
• 5 domínios do bem-estar animal e indicadores de bem-estar animal: protocolos disponíveis;
• Protocolo de Perícia em Bem-estar Animal;
• OIE – recomendações internacionais em bem-estar animal.

Tarde - Horário: 13h às 17h
Instrutores: colaborador da Coordenação de Boas Práticas e Bem-estar Animal/CGAV/MAPA Victor Lima

• Atualização em bem-estar em bovinocultura leiteira, bovinocultura de corte, pequenos ruminantes, suinocultura e avicultura: Problemas e soluções;
• Comportamento: emoções positivas e negativas;
• Identificando dor;
• Alojamento e ambiência;
• Práticas de manejo;
• Relação entre genética e bem-estar animal;
• Eutanásia;
• Diretrizes da OIE.

Dia 24/04/2019 (quarta-feira) – carga horária 8 h

Manhã - Horário: 8h às 10h
Instrutores: colaborador da Coordenação de Boas Práticas e Bem-estar Animal/CGAV/MAPA Victor Lima

• Atualização em Transporte de animais vivos;
• Estruturas necessárias e manutenção;
• Veículos: condições mínimas;
• Plano de viagem;
• Avaliando aptidão dos animais para transporte;
• Planos de contingência;
• Diretrizes da OIE.

Manhã - Horário: 10h às 12h
Instrutores: colaboradores da Coordenação de Boas Práticas e Bem-estar Animal/CGAV/MAPA Leonardo de La Vega e Santiago Rucinque

• Novos conhecimentos sobre depopulação: aves, suínos, equídeos, ruminantes, peixes
• Diretrizes da OIE

Tarde - Horário: 13h às 15h
Instrutores: colaborador da Coordenação de Boas Práticas e Bem-estar Animal/CGAV/MAPA Leonardo de La Veja

• Bem-estar animal e Insensibilização em abate de bovinos e demais ruminantes;
• Novos conhecimentos sobre Insensibilização;
• Ações Fiscais frente a problemas de insensibilização, sobra de animais no curral;
• Diretrizes da OIE.

Tarde - Horário: 15h às 17h
Instrutores: colaborador da Coordenação de Boas Práticas e Bem-estar Animal/CGAV/MAPA Leonardo de La Veja

• Bem-estar animal e Insensibilização em abate suínos;
• Novos conhecimentos sobre Insensibilização;
• Ações Fiscais frente a problemas de insensibilização, sobra de animais na pocilga;
• Diretrizes da OIE.

Dia 25/04/2019 (quinta-feira) – carga horária 8 h

Manhã - Horário: 8h às 10h
Instrutores: colaborador da Coordenação de Boas Práticas e Bem-estar Animal/CGAV/MAPA Leonardo de La Veja

• Bem-estar animal e Insensibilização em abate aves;
• Novos conhecimentos sobre Insensibilização;
• Ações Fiscais frente a problemas de insensibilização, sobra de animais no galpão de espera;
• Diretrizes da OIE.

Manhã - Horário: 10h às 12h
Instrutores: colaborador da Coordenação de Boas Práticas e Bem-estar Animal/CGAV/MAPA Santiago Rucinque

• Bem-estar animal e Insensibilização em abate peixes;
• Novos conhecimentos sobre Insensibilização;
• Diretrizes da OIE.

Tarde - Horário: 13h às 17h
Instrutores: colaboradora da Coordenação de Boas Práticas e Bem-estar Animal/CGAV/MAPA Carolina Toschi Maciel

• Legislação e fiscalização em bem-estar animal na perspectiva jurídica;
• Ações Fiscais frente a problemas de Bem-estar Animal.