Pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul participa de principal conferência mundial sobre GEE na pecuária Pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul participa de principal conferência mundial sobre GEE na pecuária

31-07-2019 07:07:27 - Por: Embrapa, Foto: Leonardo Hostin

Será uma grande oportunidade para a difusão dos resultados da rede Pecus Rede Pecuária Sustentável.

Pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul participa de principal conferência mundial sobre GEE na pecuária
A pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul Cristina Genro participa, entre os dias 4 e 10 de agosto de 2019, em Foz Do Iguaçu, do 7º GGAA – Greenhouse Gas and Animal Agriculture Conference (7ª Conferência sobre Gases de Efeito Estufa na Pecuária), maior evento do mundo sobre o tema e que ocorre pela primeira vez na América Latina.

Com público estimado de 500 pessoas, entre professores, pesquisadores e profissionais de centros de pesquisa e estudantes de diversas áreas de atuação, o evento vai apresentar os resultados das emissões e remoção de GEE através de diferentes sistemas de produção em todo o mundo, bem como os avanços em eficiência e as estratégias de mitigação mais populares e promissoras.

A pesquisadora Cristina Genro destaca a importância estratégica da participação no evento. “Vamos interagir com os principais especialistas mundiais no tema de mudanças climáticas, aumentando a visibilidade da Embrapa em um assunto tão importante para o nosso país, que vem sendo taxado como um dos maiores poluidores ambientais no tema gases de efeito estufa, devido a sua pecuária baseada em pastagens. Será uma grande oportunidade para a difusão dos resultados da rede Pecus (Rede Pecuária Sustentável) e para demonstrar, com dados, que quando se faz produção de carne a pasto, em pastagens bem manejadas, nós estamos prestando um serviço ambiental, a acumulação de carbono no solo, que é maior que a soma das emissões dos animais, do compartimento solo-planta e dos fertilizantes aplicados nas pastagens”, disse.

A programação do 7º GGAA inclui visitas técnicas, minicursos, conferências, mesas redondas, sessões técnicas com comunicação oral e cartazes. O evento é uma realização da Embrapa, Instituto de Pesquisa Agropecuária (Inia/Chile), Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (Inta/Argentina) e Universidade de São Paulo (Unesp).