Gilberto Xandó deixará a Vigor em dezembro Gilberto Xandó deixará a Vigor em dezembro

30-09-2019 09:01:13 - Por: Valor Econômico

Durante a gestão de Xandó, a Vigor triplicou de tamanho. No ano passado, faturou R$ 2,7 bilhões.

Gilberto Xandó deixará a Vigor em dezembro
Depois de pouco mais de oito anos, Gilberto Xandó deixará o cargo de presidente da Vigor Alimentos, empresa de lácteos controlada pelo grupo mexicano Lala. O anúncio foi feito na última sexta-feira (27) aos funcionários da Vigor ao qual o Valor teve acesso. No lugar de Xandó - que decidiu sair por decisão própria, conforme apurou a reportagem -, assumirá o executivo Luis Gennari, atual diretor comercial.

Xandó ingressou na Vigor em 2011, quando a empresa ainda ficava sob o guardachuva da JBS. Posteriormente, a Vigor foi desmembrada e se tornou uma empresa independente, sendo controlada pela holding J&F. Em 2017, após a delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, a Vigor foi vendida para Lala, mas Xandó permaneceu no cargo.

Durante a gestão de Xandó, a Vigor triplicou de tamanho. No ano passado, faturou R$ 2,7 bilhões. Além da função na Vigor, Xandó também é membro do conselho de administração da JBS. No fim do dia, a Vigor enviou comunicado ao Valor confirmando a informação. Segue a nota da empresa na íntegra:

"A Vigor Alimentos informa que Gilberto Xandó, CEO da empresa, decidiu encerrar seu ciclo na organização, após nove anos de liderança da companhia. O executivo permanece no cargo até o final de 2019 e, a partir de janeiro, Luis Gennari, atual Diretor Executivo Comercial da Vigor, passa a ocupar a presidência da empresa".