Vendas de sêmen crescem 7,2% no 3º trimestre de 2019

08-11-2019 10:48:24 - Por: Girolando

As raças leiteiras tiveram um aumento de 7,2%, acumulando 3.526.666 doses vendidas.

Responsive image
A Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA) acaba de divulgar os dados de desempenho do mercado de genética no acumulado de janeiro a setembro de 2019. O crescimento foi de 17,5% em relação ao mesmo período de 2018, perfazendo um total de 12.837.333 doses. As raças leiteiras tiveram um aumento de 7,2%, acumulando 3.526.666 doses vendidas. Lideram as vendas Minas Gerais (30,7%) e os estados da região Sul.

Bom ritmo também nas exportações, que, no geral, saltaram 30,3%, chegando a 344.278 doses enviadas ao exterior, sendo 157.789 de raças leiteiras. Na Prestação de Serviço, o acumulado do ano é de 1.042.550 doses (+9,1%). As raças de corte foram responsáveis por 7.923.839 doses comercializadas (+23,6%). Os estados do Centro-Oeste registraram os maiores índices de comércio de sêmen. A expectativa é de que o segmento mantenha o ritmo de crescimento nesse último semestre e feche o ano com salto positivo. O relatório com a vendas por raça só sairá em 2020, mas, no balanço de 2018, a raça Girolando é a leiteira nacional com maior volume de sêmen comercializado. Em 2019, a Associação de Girolando voltou a faz parte do quadro de associados da ASBIA.