Uruguai registrou aumento no valor das exportações de lácteos em janeiro Uruguai registrou aumento no valor das exportações de lácteos em janeiro

13-02-2020 09:29:27 - Por: El País Digital, traduzidas pela Equipe MilkPoint

O faturamento aumentou em 21%, o volume em em 32% e o preço caiu em 8%.

Uruguai registrou aumento no valor das exportações de lácteos em janeiro
As exportações uruguaias de lácteos correspondentes ao primeiro mês de 2020, geraram um faturamento de US$ 58,9 milhões, valor que representa um aumento de 15% em relação ao mesmo mês do ano anterior, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional do Leite (Inale).

No leite em pó integral, principal produto de exportação da cadeia de laticínios uruguaia, foram exportadas 13 mil toneladas por US$ 41,2 milhões. O valor médio foi de US$ 3.179 por tonelada. Segundo Inale, com relação ao mesmo período do ano anterior, o faturamento aumentou 27%, o volume 27% e o preço cresceu 10%. Por sua vez, US$ 3,5 milhões foram faturados com vendas de leite em pó desnatado, tendo sido exportadas 1,3 mil toneladas, por um preço médio de US$ 2.763 por tonelada. Nesse caso, o aumento do faturamento atingiu 36%, o volume subiu 4% e o preço subiu 30%.

No caso do queijo, as exportações movimentaram US$ 10 milhões e foram exportadas 2,6 mil toneladas, registrando um preço médio por tonelada de US$ 3.784. O faturamento aumentou em 21%, o volume em em 32% e o preço caiu em 8%.

Finalmente, para a manteiga, outro item destacado nas exportações do Uruguai, geralmente com a Rússia como principal mercado, foram despachadas 0,2 mil toneladas, a um preço médio de US $ 4.602 por tonelada. O faturamento caiu 83%, o volume vendido diminuiu 83% e o preço subiu 2%, segundo dados da Inale.

São boas notícias para o setor de laticínios, que ainda possui endividamento significativo, em muitas áreas ainda é atingido pelo clima (falta de chuvas) e os preços do leite ao produtor não estão adequados, porque os custos em dólares aumentaram e continuam complicando a equação das fazendas leiteiras.