Soja com alto teor de ácido oleico beneficia vacas leiteiras Soja com alto teor de ácido oleico beneficia vacas leiteiras

24-03-2020 07:21:34 - Por: Agrolink

O ácido oleico é um ácido graxo insaturado e é muito mais estável ao fritar e armazenar.

Soja com alto teor de ácido oleico beneficia vacas leiteiras
O uso de soja torrada na dieta das vacas é comum em muitos lugares do mundo e, agora, pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia (Penn State), dos Estados Unidos, descobriram que esse produto quando rico em ácido oleico podem oferecer benefícios para vacas leiteiras. A soja contém cerca de 20% de gordura, que normalmente é rica em ácidos graxos poli-insaturados, que são menos estáveis e suscetíveis de se tornarem rançosos mais rapidamente. 

"Por muitos anos, o óleo de soja foi hidrogenado para produzir margarina, gordura e óleo de fritura, mas há mais de uma década percebemos que as gorduras trans nesses eram muito ruins para nós e aumentavam as doenças cardíacas, entre outras coisas”, afirmou Kevin Harvatine, professor associado de Fisiologia Nutricional da Faculdade de Ciências Agrárias da Penn State.. "O ácido oleico é um ácido graxo insaturado e é muito mais estável ao fritar e armazenar, o que despertou interesse em aumentar a soja com alto teor de ácido oleico e baixo teor de gordura poliinsaturada", completa. 

Os métodos normais de melhoramento de plantas também tiveram muito sucesso no aumento do ácido oleico no óleo de girassol e açafrão, e algumas variedades continham mais de 80% de ácido oleico. Porém, os métodos normais de melhoramento de plantas falharam na criação de soja com alto teor de ácido oleico, portanto, foram criadas variedades com alto teor de ácido oleico, contendo cerca de 75% de ácido oleico e menos de 10% de gordura poliinsaturada usando abordagens de engenharia genética. 

"A soja com alto teor de ácido oleico é cultivada há vários anos, mas apenas recentemente tem sido amplamente disponível para crescer fora dos contratos", disse ele. "As sementes são vendidas a um preço comparável às sementes normais e não diferem no rendimento ou na concentração de proteínas e gorduras, portanto o custo de produção é comparável", concluiu.