Comissão Nacional de Queijos Artesanais tem nova coordenação

09-07-2020 11:30:32 Por: ABRALEITE

Comissão Nacional de Queijos Artesanais tem nova coordenação
A Comissão Nacional de Queijos e Derivados Lácteos Artesanais da ABRALEITE, que é composta por lideranças de todas as regiões brasileiras, se reuniu no dia 2 de julho (por videoconferência), a fim de eleger a sua nova coordenação e tratar de assuntos pertinentes ao setor.

Na ocasião, a Comissão conversou com o Dr. Orlando Melo de Castro -  Diretor do DECAP/SDI, da divisão de Cadeias Produtivas do MAPA - sobre a Instrução Normativa 73, a qual normatizou a "Lei do Selo Arte" e que poderá sofrer adequações para Lei dos Queijos Artesanais.

A Comissão fez um debate bastante produtivo e elaborou sugestões para serem incorporadas na atualização da IN 73. Após a participação do diretor do MAPA, foi realizada a eleição da nova equipe de Coordenação da Comissão, que ficou composta por:

Coordenador: Wander Bastos - Produtor, médico veterinário, conselheiro da ABRALEITE e coordenador da Comissão de Bovinocultura da FAESP; 

Coordenador substituto : João Leite - Produtor, presidente da APROCAN (Serra da Canastra) e da AMIQUEIJO - Associação da Associações de Produtores de Queijo de MG; 

1ª Secretária:  Heloísa Collins - produtora de queijos de cabra no Capril do Bosque em Joanópolis-SP; 

2° Secretário:  Osvaldo Martins de Barros Filho - Produtor de Queijo Artesanal de Alagoa-MG; 

3° Secretário:  Romildo Albuquerque Bezerra - Produtor e presidente da Associação de Certificação do Queijo de Coalho da Região Agreste de Pernambuco;
 
Essa Comissão Nacional da ABRALEITE (Associação Brasileira dos Produtores de Leite) teve papel fundamental, atuando firmemente por 2,5 anos na regulamentação da "Lei do Selo Arte" e participando de grupos de trabalho no MAPA. A ABRALEITE trabalhou muito e conseguiu sua aprovação desta Lei na Câmara e no Senado, sua sanção pelo presidente Temer, bem como o decreto pelo presidente  Bolsonaro.

"Mantendo o bom exemplo dado pela Ministra Tereza Cristina de gestão participativa, o novo Coordenador da Comissão da ABRALEITE, Wander Bastos confirma que a equipe e seus membros têm muita coisa a fazer.

"Nossa Comissão foi pioneira, já que se reunia por videoconferência há dois anos e meio. E foi também  protagonista na implantação do Selo Arte. Agradeço a confiança de todas as lideranças queijeiras, técnicos, parlamentares, juristas, pesquisadores e o apoio incansável do presidente Geraldo Borges nessa caminhada. Desejo pleno êxito ao novo coordenador: Wander Bastos, um profissional competente e entusiasta da causa", comentou Acácio Brito, que concluiu seu mandato na Coordenadoria.

O presidente da ABRALEITE Geraldo Borges, que participou da reunião agradeceu e parabenizou o coordenador Acácio Brito e sua equipe, desejou muito sucesso à nova Coordenação e concluiu dizendo que "Ainda há muito trabalho para esta Comissão, para que os produtores de lácteos artesanais tenham efetivamente o Selo Arte em seus produtos, podendo comercializar em todo o país e também para evoluir no sentido da internacionalização dos lácteos artesanais brasileiros, que já provaram sua qualidade ao serem premiados em concursos internacionais".