Rabobank: redes de fast food dão pistas de recuperação do mercado de lácteos da China

31-07-2020 12:53:01 Por: NZHerald, resumidas e traduzidas pela Equipe MilkPoint

Rabobank: redes de fast food dão pistas de recuperação do mercado de lácteos da China
Uma boa maneira de fazer uma "verificação de pulso" na indústria de laticínios da China é ficar de olho em como estão indo os gostos do McDonald s e Starbucks, diz Michael Harvey.

O analista de proteínas do Rabobank, com sede em Melbourne, conversou com Jamie Mackay, do The Country, sobre como os resultados positivos para esses gigantes da indústria de serviços de alimentação podem significar boas notícias para a China e sua economia pós-covid. "McDonald e Starbucks e Pizza Hut costumam ser grandes compradores de produtos lácteos", disse Harvey. "Eles são uma ótima verificação de como o setor está indo".

"Acabamos de ver da noite para o dia algumas atualizações de ganhos de algumas dessas empresas e elas pintam uma história positiva, no sentido de que esse canal e esse mercado foram muito afetados quando eles estavam paralisados. Mas eles obviamente estão saindo do bloqueio e estão no modo de recuperação". 

A Starbucks anunciou que espera que, no terceiro trimestre, voltem aos níveis levemente abaixo ou pré-covid, o que é uma coisa boa - mas eles mencionaram o fato de que ainda há alguns ventos contrários nessa recuperação, porque houve paralisações em mercados como Pequim por algumas semanas - e ainda há muitos consumidores cautelosos em querer sair e comer fora. Os números ainda não parecem ótimos agora, mas devemos no início do próximo ano voltar aos níveis anteriores ao covid na China", finalizou.