Valorização dos lácteos: entenda as três ondas de preços durante o Covid-19

04-08-2020 09:14:34 Por: CILeite Embrapa

Valorização dos lácteos: entenda as três ondas de preços durante o Covid-19
Desde o início do Covid-19, em fevereiro, os preços de leite e derivados registraram valorização. Mas a alta não foi linear, podendo ser dividida em três ondas: pânico, normalidade e desbalanço.

A onda do pânico foi até março, com o início da quarentena, fechamento do foodservice e corrida aos supermercados. Com exceção do queijo muçarela, os demais produtos analisados se valorizaram neste período.

A onda da normalidade consistiu na regularização do consumo. Devido ao estoque doméstico naquele momento, houve desaceleração nas compras, culminando em uma piora nas expectativas. Isso provocou queda nas cotações entre abril e início de maio e um certo pessimismo na cadeia. Felizmente, foi um período curto e a terceira onda, de desbalanço, mudou o rumo do mercado novamente. A partir da segunda quinzena de maio os preços seguiram firmes em elevação, diante de uma oferta doméstica limitada e um consumo sustentado pelos auxílios financeiros do Governo.

No mercado de insumos, o farelo de soja segue com preços em patamar mais elevado, com baixa oferta e boas exportações. Já o milho registrou queda de preços em relação a fevereiro, mas nas últimas semanas voltou a subir. Os produtores, capitalizados, estão cadenciando as vendas, diante de um mercado comprador.