a2 Milk Company registra grande lucro a2 Milk Company registra grande lucro

24-08-2020 12:11:45 - Por: Dairy Reporter, traduzidas pela Equipe MilkPoint

Segundo a empresa, a pandemia de Covid-19 teve um modesto impacto positivo na receita e nos lucros do ano.

a2 Milk Company registra grande lucro
A a2 Milk Company publicou seu relatório financeiro do ano que terminou em 30 de junho de 2020. A empresa obteve uma receita total de NZ$ 1,73 bilhão (US$ 1,13 bilhão), um aumento de 32,8% em relação ao período anterior, bem como um aumento de 32,9% no EBITDA, atingindo NZ$ 549,7 milhões (US$ 359,2 milhões). O lucro líquido após impostos de NZ$ 385,8 milhões (US$ 252,1 milhões) aumentou 34,1% em relação ao ano anterior.

A receita de nutrição infantil do grupo foi de NZ$ 1,42 bilhão (US$ 0,93 bilhão), um aumento de 33,8%, e houve forte crescimento na China, com as vendas mais do que dobrando e atingindo NZ$ 337,7 milhões (US$ 220,7 milhões), enquanto a distribuição se expandiu para mais de 19.000 lojas. Segundo a empresa, a pandemia de Covid-19 teve um modesto impacto positivo na receita e nos lucros do ano. Além disso, os negócios foram impactados favoravelmente por movimentos cambiais.

A a2 Milk encerrou o ano com estoque de NZ$ 147,3 milhões (US $ 96,2 milhões), maior do que nos anos anteriores, em parte refletindo o crescimento dos negócios, bem como a decisão de manter um nível mais alto como um buffer de segurança, dadas as incertezas da Covid-19.

A exploração direcionada de novos mercados continua: em outubro, lançou uma nova linha de fórmula infantil em Hong Kong, seguida em dezembro pela fórmula infantil Stages 1-3 na Coreia, com o parceiro YuhanCARE (Yuhan), e em março um novo acordo de licenciamento com a AgriFoods no Canadá concordou em produzir, comercializar e distribuir a marca de leite fresco da a2MC.

Uma versão chinesa de seu produto Stage 4 também foi lançada e tampas invioláveis introduzidas para produtos nos Stages 1, 2 e 3 em dezembro, para aumentar ainda mais a segurança e fornecer diferenciação em relação sos produtos com etiqueta em inglês.

As vendas de nutrição infantil na Austrália e Nova Zelândia cresceram 14,1%, gerando NZ$ 745,1 milhões (US$ 467,2 milhões) em receita no ano. Apesar do crescimento positivo, as restrições de viagens relacionadas à Covid-19 impactaram negativamente o canal de revendedores devido à redução das viagens entre Austrália e China.

A empresa disse que recentemente celebrou um acordo para expansão das instalações de um parceiro de longo prazo na cadeia de abastecimento de leite fresco, o Kyvalley Dairy Group, a fim de apoiar o crescimento de leite fluido.

Por meio deste acordo, a a2 Milk Company irá adquirir as instalações de processamento de leite Kyvalley Kyabram e financiar sua expansão e atualização. Kyvalley administrará os ativos sob um contrato de arrendamento e uma revisão do contrato de fornecimento de longo prazo. O acordo mantém os produtores de leite certificados fornecendo leite cru para Kyvalley e permanece sujeito à aprovação do Conselho de Revisão de Investimentos Estrangeiros.

Para todos os outros produtos nutricionais, as vendas aumentaram 30,5%, somando NZ$ 85,2 milhões (US$ 55,7 milhões). A proporção mais significativa deste segmento continua sendo o a2 Milk leite integral e leite em pó desnatado, que agora está disponível na Austrália, Nova Zelândia e na China, com potencial de crescimento em novos canais, especialmente nos canais de varejo off-line da China.

O crescimento da receita de leite nos Estados Unidos foi de 91,2%, com a distribuição expandida para cerca de 20.300 lojas e a empresa disse que, embora o consumo esteja crescendo em comparação com o período anterior, a partir de março, o tráfego de pedestres na loja durante a pandemia foi reduzido devido às políticas de segurança dos varejistas e limitações de compras de leite por visita.

A empresa disse que está percebendo que os consumidores estão se tornando mais conscientes economicamente devido à incerteza econômica e às altas taxas de desemprego e os planos de vendas e marketing do ano fiscal de 2021 foram ajustados de acordo.

No ano fiscal de 2021, a a2 Milk disse que mudará o foco da mídia de publicidade para uma maior ênfase no preço na loja e na ativação para impulsionar a demanda.

A expectativa é que o resultado dessa mudança seja o crescimento do volume, acompanhado pelo aumento dos gastos com comércio, com receita líquida amplamente consistente com o ano fiscal de 2020. Com gastos gerais de marketing menores, isso deve se traduzir em um resultado EBITDA melhorado para o ano fiscal de 2021.

Para apoiar a execução da estratégia geral do grupo, a empresa aumentou o tamanho de sua equipe para mais de 300 pessoas, 41% a mais em relação ao ano anterior.

Apesar das incertezas relacionadas ao coronavírus, de modo geral, para o ano fiscal de 2021, a empresa disse que antecipa um forte crescimento contínuo da receita, com uma margem EBITDA esperada na ordem de 30% a 31%. O capex do ano fiscal de 2021 está atualmente estimado em NZ$ 50 milhões (US$ 32,7 milhões), devido ao investimento em ERP (Sistema integrado de gestão empresarial) e projetos de capital de apoio ao processamento de leite fresco na Austrália.