Parceria entre Embrapa e laticínio promete tecnologia para melhorar a qualidade do leite em RO

27-08-2020 08:18:06 Por: G1 RONDÔNIA

Parceria entre Embrapa e laticínio promete tecnologia para melhorar a qualidade do leite em RO
Uma parceria entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e um laticínio de Urupá (RO), a 400 quilômetros de Porto Velho, pretende intensificar ações de pesquisas e tecnologia para melhorar a qualidade do leite no estado.

Rondônia é o maior produtor de leite da Região Norte e, segundo dados do setor lácteo, ao menos 50% dos produtores estão com o leite com contagem bacteriana (CPP) acima do permitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A legislação brasileira indica que o leite in natura coletado nas propriedades deve apresentar médias de contagem bacteriana de, no máximo, 300 mil unidades formadoras de colônia por mililitro (UFC/mL). Como boa parte do leite tem CPP acima disso, Rondônia não pode atender demandas internacionais, por exemplo.

Com essa parceria para melhoria na tecnologia do leite, a Embrapa e o laticínio Toya pretendem mudar essa contagem bacteriana.

O acordo de cooperação técnica com o laticínio de Urupá terá duração de três anos, segundo a Embrapa, e as pesquisas iniciam já no mês de setembro.

O que mais a pesquisa vai englobar?

A) Distribuição espacial e os fatores de risco (associados aos indicadores de qualidade do leite armazenados em tanques de resfriamento vinculados à indústria);
B) Eventos e ações de sensibilização para produtores e técnicos;
C) Divulgação de informações necessárias para melhor qualidade do leite, da prevenção, controle da mastite bovina (principal doença de rebanhos leiteiros);
D) Manejo de pastagens;

Com a pesquisa, a Embrapa espera que os resultados possam contribuir para as decisões estratégicas a "serem tomadas dentro do escopo de atuação da indústria", enquanto que os produtores terão auxílio em procedimentos e práticas na obtenção de um leite de qualidade.