Importações de leite em pó aumentam 63% em agosto

18-09-2020 10:56:41 Por: Munira Nasrrallah e Juliana Santos, em Boletim do Leite Cepea

Importações de leite em pó aumentam 63% em agosto
A baixa oferta da matéria-prima no mercado doméstico alavancou as importações de derivados lácteos em agosto, mesmo com o dólar valorizado. No total, foram adquiridas 18,1 mil toneladas de lácteos, volume 40% superior ao de julho/20 e 77% acima do registrado no mesmo período de 2019. 

O principal produto adquirido em agosto foi o leite em pó, que representou 70% do total importado, somando 12,7 mil toneladas – aumento de 63,1% frente ao mês anterior e de 121% comparado a agosto/19, de acordo com dados da Secex.

Juntos, os volumes adquiridos da Argentina e do Uruguai representam 94% do total de leite em pó importado pelo Brasil em agosto. Quanto ao preço do produto importado, a média foi de US$ 6,81/ kg, 18% inferior ao do mês anterior (US$ 8,25/kg). 

As aquisições de queijos, que representam 15% do total dos derivados importados, somaram 2,8 mil toneladas, volume 9,3% maior que o registrado em julho/20 e 42,5% superior ao do mesmo período do ano anterior. Do volume total de queijos adquirido, 97% foi comprado da Argentina e do Uruguai, com preço médio de US$ 18,24/kg.


Já as exportações brasileiras de derivados lácteos seguiram praticamente estáveis em agosto (-0,1%) frente ao mês anterior, totalizando 2,9 mil toneladas. Apesar da relativa estabilidade, esse volume é 54% maior que os embarques realizados no mesmo período de 2019. Os embarques de leite condensado, que representaram 27% do total, recuaram 28%, somando 802 toneladas. Por outro lado, as exportações de creme de leite, que tiveram participação de 36% no total embarcado, aumentaram 52% frente ao volume exportado no mês anterior, totalizando mil toneladas.

BALANÇA COMERCIAL – Em termos de receita, a balança comercial registrou, novamente, o maior déficit de 2020, chegando a US$ 46,3 milhões em agosto, aumento de 34,6% frente ao registrado julho/20. Em termos de volume, o déficit foi de 15,1 mil toneladas, elevação de 51,8% na mesma comparação.