O sonho, às vezes, não é o leite; é estudar o filho, diz idealizador do programa Balde Cheio

28-09-2020 08:17:44 Por: Embrapa Pecuária Sudeste

O sonho, às vezes, não é o leite; é estudar o filho, diz idealizador do programa Balde Cheio
Aconteceu na manhã de sexta (25) a live “Balde Cheio: qual o impacto na vida das famílias?”, um bate papo que apresentou histórias de sucesso e reflexões sobre resultados e efeitos do programa. O Balde Cheio é uma metodologia que capacita profissionais da assistência técnica para que eles levem tecnologia ao produtor de leite, melhorando os resultados no campo, a produtividade, a sustentabilidade da produção e a autoestima do produtor e de sua família. Criado há 22 anos na Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos-SP), hoje o Balde Cheio atende produtores em 19 Estados brasileiros.

A live teve a participação de Artur Chinelato, idealizador do programa, de André Novo, líder do Balde Cheio em Rede,  do técnico Mozar Barreto, do produtor de leite Roberto Leonardo (da cidade mineira de Carmo do Cajuru), de Walter Ribeiro, coordenador estadual do programa em Minas Gerais, e de Jairo Márcio Faria, responsável pelo departamento de Agronegócio do Sicoob/Credivar. A moderação foi do jornalista Antônio Heberlê, da Embrapa Café.


Ao tentar traduzir os impactos do programa nas famílias, Artur mencionou situações em que esse apoio da assistência técnica conseguiu ajudar produtores endividados, não por meio de assistencialismo, mas de transmissão de conhecimento. O componente de resgate de autoestima é muito forte no Balde Cheio. “O sonho, às vezes, não é o leite; é estudar o filho”, disse Artur, ao citar o que move os participantes.

O bate papo mostrou também que não há receita de bolo para a produção. “Cada propriedade tem uma situação diferente. O produtor pode até ler o livro Sítio Esperança e achar que vai aplicar aquilo tudo na sua propriedade. Não vai. Cada um tem uma condição”, disse Walter Ribeiro. Sítio Esperança é um nome de um livro escrito por Artur Chinelato e que conta a história de uma família em situação difícil que resolve aderir ao programa.


Vários internautas fizeram perguntas sobre como participar do Balde Cheio, como produtores ou como técnicos. Essa resposta pode ser encontrada na página oficial do programa. O ciclo de lives continua no próximo dia 26 de outubro, com foco no Estado de Rondônia e participação da Embrapa Rondônia, e em 18 de novembro, voltada ao público do Espírito Santo.