Startup está desenvolvendo biofármacos para substituir uso de antibióticos em vacas leiteiras

27-10-2020 11:18:41 Por: The Times of Israel, traduzidas pela Equipe MilkPoint. Foto: Francisco Zafalon/Embrapa

Startup está desenvolvendo biofármacos para substituir uso de antibióticos em vacas leiteiras
A NovaQuest Capital Management LLC, investidora em ciências da vida e saúde, disse na semana passada que investiu US$ 20 milhões na empresa biofarmacêutica israelense Mileutis Ltd. para desenvolver um produto que visa reduzir o uso de antibióticos em animais.

O investimento da NovaQuest irá promover o desenvolvimento das terapias de origem biológica e livre de resíduos da Mileutis para a saúde animal e ajudar a colocá-las no mercado, disseram as empresas em um comunicado. O investimento da NovaQuest é o primeiro na área de saúde animal e em uma empresa israelense.

O produto da Mileutis, que está em estágios avançados de desenvolvimento, trata de uma grande preocupação na indústria de laticínios: a mastite bovina. A doença é a mais frequente em rebanhos leiteiros em todo o mundo, afetando a glândula mamária e o tecido do úbere em vacas leiteiras.


A doença pode prejudicar os tecidos secretores de leite em bovinos, reduzindo a produção e qualidade do leite. De acordo com a Universidade de Glasgow, as perdas globais para a indústria de laticínios causadas pela mastite bovina estão em torno de US $ 19,7 bilhões a US $ 30 bilhões anuais.

Atualmente, o antibiótico é a principal terapia utilizada no tratamento da mastite e é administrado rotineiramente uma vez por ano. No entanto, a resistência antimicrobiana e o uso excessivo de antibióticos levaram pesquisadores, reguladores, legisladores e comunidades em todo o mundo a buscar tratamentos novos e mais seguros.

A Mileutis está desenvolvendo proteínas naturais livres de resíduos com base em pesquisas anteriores conduzidas na Organização de Pesquisa Agrícola de Israel (Centro Volcani) e na Mileutis. A empresa acredita que a linha de biofármacos patenteados que está desenvolvendo irá “revolucionar” a maneira como os veterinários lidam com a mastite e tratam uma ampla gama de doenças. A empresa espera eventualmente usar os peptídeos naturais que estão desenvolvendo também para a saúde humana.


O primeiro produto patenteado, denominado Imilac, é uma seringa intramamária que contém peptídeos e fragmentos de proteínas específicas que estimulam o sistema imunológico, melhorando a saúde dos rebanhos e ajudando na prevenção da mastite bovina. As seringas intramamárias possuem uma agulha macia com a qual um produto farmacêutico pode ser injetado no úbere.

“Ao substituir os antibióticos em animais como vacas leiteiras por biofármacos mais seguros, protegeremos os animais e salvaremos as pessoas dos danos à saúde associados ao desenvolvimento de resistência aos antibióticos”, disse David Javier Iscovich, CEO e co-fundador da Mileutis, no comunicado. "Nossa plataforma, que atua estimulando o sistema imunológico, abrirá o caminho para o desenvolvimento de terapias adicionais para a saúde animal e humana."

A Mileutis disse que seu produto é apoiado por "resultados estatisticamente significativos" obtidos em uma série de ensaios clínicos multicêntricos, randomizados e controlados.

A NovaQuest Capital Management, com US $ 2 bilhões sob gestão, é uma investidora em ciências da vida e saúde. A empresa foi criada há 20 anos para fornecer capital estratégico para empresas de ciências da vida e saúde.


“Acreditamos que a linha de produtos e a plataforma de tecnologia da Mileutis representam uma mudança de paradigma muito necessária na indústria que não apenas melhorará a saúde humana e animal, permitindo uma produção de leite mais sustentável, mas também aumentará o bem-estar das vacas leiteiras”, disse Brian Machado, principal da NovaQuest.

Criada em 2004, a empresa Ness Ziona, com sede em Israel, foi fundada por David Iscovich e seu pai, Jose.