Abertas as inscrições para a pré-incubação Palmatech

25-11-2020 09:43:43 Por: Epamig

Abertas as inscrições para a pré-incubação Palmatech
Já estão abertas as inscrições para a pré-incubação Palmatech. O programa, totalmente online, tem como objetivo apoiar a criação de soluções em produtos e serviços relacionadas à cultura da Palma Forrageira, e faz parte da programação do evento realizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) e parceiros, também virtualmente, no mês de setembro.

São oferecidas vagas para dez equipes de seis participantes, inscrições e informações estão disponíveis pelo site www.inovapalma.com.br. A pré-incubação vai ocorrer entre os dias 7 e 11 de dezembro, com 96 horas ininterruptas de programação. As equipes contarão também com orientação de mentores, especialistas nas áreas-chave. A transmissão pelo YouTube será aberta a espectadores inscritos previamente.

O programa tem como público-alvo, estudantes a partir do ensino médio, professores, técnicos, produtores e interessados em desafios na estruturação da cadeia produtiva. “Buscamos soluções das mais diversas, desde o plantio, passando pelos tratos culturais, colheita, fornecimento aos animais, uso na alimentação humana, ou seja, soluções para problemas que ainda impedem o melhor andamento da cultura, bem como, potenciais ainda não explorados”, explica a pesquisadora da EPAMIG, Polyanna Oliveira.


O superintendente de Inovação e Economia Agropecuária da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Carlos Eduardo Bovo, conta que a pré-incubação visa fomentar a adoção de inovações tecnológicas em algumas cadeias produtivas. Iniciativas semelhantes para vinhos e azeites estão previstas para 2021. “Estamos falando de soluções que envolvam desde a parte de produção de mudas, até o processamento para alimentação animal. Queremos identificar universidades, grupos de pesquisadores e estudantes em geral, interessados em desenvolver soluções que possam melhorar os processos, ferramentas e técnicas utilizadas dentro do processo produtivo da palma forrageira”, afirma.

A pré-incubaçãoPré-Incubação Palmatech é promovida pela EPAMIG, Seapa, Faemg e Faculdade do Vale do Gorutuba (Favag).

Palmatech

A primeira edição do Palmatech foi realizada nos dias 21 e 22 de setembro, em formato digital. O evento, voltado para a capacitação e atualização de produtores rurais, pesquisadores, acadêmicos, consultores e demais envolvidos com a pecuária, contou com palestras e dia de campo virtual. As discussões tiveram como foco a cultura da palma forrageira e os diversos usos da planta na região do semiárido.


Desde 2009, a EPAMIG desenvolve estudos e incentiva o cultivo da palma forrageira. A planta, que é constituída por até 90% de água e mantém-se produtiva mesmo em condições de escassez hídrica, tem sido usada por pecuaristas de regiões semiáridas como opção para complementar a alimentação do rebanho leiteiro, principalmente, em tempos de seca.