Importação chinesa de soja dos EUA mais que dobrou em novembro

30-12-2020 09:58:43 Por: Valor Econômico

Importação chinesa de soja dos EUA mais que dobrou em novembro
As importações chinesas de soja americana mais que dobraram em novembro na comparação com mesmo mês do ano passado, mostraram dados da Administração Geral de Alfândegas do país asiático compilados pela agência Reuters. O aumento refletiu sobretudo a chegada de cargas encomendadas após a assinatura do acordo comercial de fase 1 entre Washington e Pequim.

Segundo a agência, o volume chegou a 6,04 milhões de toneladas no mês passado, 136% mais que em novembro de 2019. Em outubro deste ano, foram 3,4 milhões de toneladas. Com isso, nos primeiros 11 meses do ano a China importou 20,05 milhões de toneladas de soja dos EUA, um incremento de 45% frente às 13,85 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado.

E as compras continuam em dezembro - embora em ritmo menor, por questões sazonais. Exportadores americanos reportaram ontem ao Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) a venda de 233,7 mil toneladas de soja para destinos desconhecidos, e boa parte desse volume certamente é destinada à China.


Ainda de acordo com a Reuters, a China também importou, em novembro, 2,74 milhões de toneladas de soja do Brasil, com baixa de 29% na comparação anual e volume também inferior ao de outubro deste ano (4,23 milhões).

Entre janeiro e novembro, contudo, as importações chinesas do grão brasileiro, particularmente aquecidas no primeiro semestre, somaram 63,1 milhões de toneladas, alta de 19% ante as 52,84 milhões de toneladas dos 11 primeiros meses de 2019. A China importou em novembro, de todas as origens, 9,59 milhões de toneladas de soja, alta de 15,8% ante o mesmo mês do ano passado.