Pequeno produtor ganha aliado em gestão

02-02-2021 11:11:53 Por: Diário do Comércio

Pequeno produtor ganha aliado em gestão
Com a margem de lucro estreita, a produção de leite precisa ser eficiente para que o produtor tenha ganhos, e a melhor forma é ter uma boa gestão dos recursos da propriedade. Para auxiliar os produtores, a Ideagri, agtech especializada em sistemas de gestão para empresas rurais focadas em pecuária leiteira e de corte, está desenvolvendo novos produtos, e um deles, o software Techmilk, vai contribuir para que o pequeno produtor possa melhorar a gestão. Com uma expectativa de mercado positivo, já que a busca por tecnologias no campo é crescente, a Ideagri deve registrar crescimento anual em torno de 100% nos próximos anos.

De acordo com o novo CEO da Ideagri, Marcelo Ferreira, em 2020, a empresa recebeu um aporte de R$ 7 milhões, através do Fundo 10B, o que vem permitindo o crescimento e a diversificação dos produtos trabalhados. “Nosso projeto é acelerar o crescimento da empresa. Em 2020, a Ideagri recebeu um aporte de R$ 7 milhões, que permitiu um crescimento significativo. Este ano quero que a empresa continue crescendo e estamos trabalhando para que ela dobre de tamanho a partir de agora”.

Ainda segundo Ferreira, o crescimento virá da diversificação dos produtos oferecidos e do aumento da assistência aos produtores rurais. “Vamos lançar diversos produtos e tecnologias para auxiliar o pecuarista e contribuir para que a fazenda dele seja competitiva e lucrativa”, explicou.


Techmilk – Um dos produtos, que será lançado em março, será o Techmilk, que é um software em uma versão mais simplificada do que o Ideagri, software voltado para a gestão e com foco nas grandes fazendas. O Techmilk será destinado aos pequenos produtores, com até 100 animais, e já foi testado em um programa-piloto em 2020. O novo software possui um conjunto básico de rotinas de reprodução, produção, sanidade e recria, com relatórios de gestão que ajudam o produtor rural a controlar a fazenda. O custo será de R$ 90 por mês.

“Com esse software de gestão, queremos atender o produtor de menor porte, que, às vezes, não tem capital e nem interesse de investir em produtos com tanta funcionalidade como o Ideagri. Reunimos no Techmilk os principais e mais importantes indicadores. Com ele, o produtor poderá trabalhar e melhorar a gestão e a produção na fazenda”.

As expectativas são positivas, uma vez que o uso de softwares para captação de danos contribui para a melhor análise das unidades produtivas, sendo possível avaliar o desempenho de várias etapas, encontrar gargalos e planejar, com base em dados, os próximos passos para o desenvolvimento das fazendas.

“Os resultados que temos com o Ideagri são muito positivos e acreditamos que a ferramenta voltada para os pequenos produtores será importante para melhorar a eficiência. Em média, os produtores que usam o Ideagri registram um aumento de 12% na fazenda, o que é importante e pode definir se a atividade é lucrativa ou não. A ideia com o novo software é conseguir levar ao produtor uma ferramenta para gerir a fazenda de forma mais funcional e profissional”, destacou.


Outros investimentos – Além do lançamento do Techmilk, a empresa está desenvolvendo diversos outros projetos para serem lançados ainda em 2021. Também estão previstos investimentos em suporte técnico e equipes que atuam ajudando o produtor a extrair os valores do software. Também haverá aportes na parte comercial da empresa e no marketing.

Em relação ao mercado, a demanda por tecnologias vai contribuir para o crescimento da Ideagri. “O agronegócio do Brasil tem tradição, é forte na pecuária e na agricultura e é o setor que sustenta o Brasil. O agro tem um potencial muito grande, e a tecnologia vem para aprimorar esse potencial e tornar a produção cada vez mais competitiva e eficiente, gerando melhor resultado e contribuindo para que o produtor se mantenha na atividade”.