Ideagri lança sistema de gestão para pequenos produtores de leite

17-03-2021 12:51:23

Ideagri lança sistema de gestão para pequenos produtores de leite
A Ideagri, agtech com atuação no mercado de software de gestão de fazendas de gado de leite e de corte, com mais de 5.000 fazendas clientes no país, lança no mercado brasileiro o Techmilk, um sistema de gestão dedicado aos pequenos produtores de leite com fazendas de até 100 animais. O software foi desenhado especificamente para esse perfil de fazenda: é fácil de usar, porque as informações seguem uma ordem de inserção que conduzem o processo gerencial. É simplificado: dados técnicos e zootécnicos essenciais para o pequeno produtor, mais controle de caixa. E ainda conta com um aplicativo, por meio do qual o produtor pode inserir e consultar dados via celular, de qualquer lugar de sua propriedade. “Com o Techmilk, o pequeno produtor de leite poupa tempo, decide melhor e lucra mais, e assim pode viver melhor”, explica Marcelo Ferreira, CEO da Ideagri. “O pequeno produtor faz tudo em sua propriedade, não tem tempo para quase nada e precisa de dados para tomar as decisões certas.”

O Techmilk possui um conjunto básico de rotinas de reprodução, produção, sanidade e recria, com 12 relatórios de gestão que ajudam o produtor rural a controlar sua fazenda. Com esses dados é possível administrar a propriedade e o rebanho de forma controlada e realista. A assinatura do software custa R$90,00 reais por mês, incluindo serviço de suporte. O treinamento é on-line. É um dos mais acessíveis sistemas de gestão do mercado. “Considerando o que ele oferece, é o de melhor custo-benefício”, diz Ferreira.


Coleta e consulta de dados via celular - Com o aplicativo do Techmilk, o pequeno produtor coleta dados zootécnicos dos animais (nascimento, desmama, aptidão reprodutiva, baixas). Também anota dados de produção (pesagem e controle leiteiro) e reprodução (inseminações, prenhezes e partos). E faz o registro de caixa, com entradas e despesas por tipo, como alimentação, suplementação, vacinação e assim por diante. A maioria dos dados podem ser lançados no sistema enquanto o produtor realiza o trabalho prático no curral ou em qualquer local de sua propriedade, ou mesmo fora dela. As informações são transferidas para a nuvem e, de lá, podem ser sincronizadas e consultadas em seu desktop, gerando relatórios administrativos necessários para a gestão de seu negócio. O produtor pode também, enquanto em trânsito, consultar as informações já imputadas no sistema.

“Existem outros sistemas parecidos, mas em quantidade de informação, facilidade de uso e interatividade, o Techmilk está passos à frente”, diz Ferreira. O novo software para pequenos produtores foi testado em um programa piloto em 2020, ano em que foi lançado de forma gratuita. O feedback dos primeiros usuários serviu para o aperfeiçoamento e ampliação do sistema. “O pequeno produtor precisa organizar sua gestão para poder sobreviver, porque o mercado está se profissionalizando com demandas de controle de sanidade e de qualidade cada vez mais rigorosas”, diz o CEO da Ideagri.


O pequeno produtor é pressionado por custos de produção e pelo preço de seu produto final, o leite, e ele não tem controle sobre nenhuma dessas pontas. Segundo dados da Embrapa Gado de Leite, o Brasil perde um produtor de leite a cada 11 minutos, por diversos problemas, entre eles, a rentabilidade da operação. “O único local onde o pequeno produtor pode influenciar sua eficiência produtiva e a lucratividade de suas operações é da porteira para dentro, realizando a boa gestão de sua propriedade”, diz Marcelo Ferreira. “O Techmilk foi desenhado para cumprir esse papel.”

As informações são da Assessoria de Imprensa Ideagri.