Com estoques elevados, comprador se retrai e preço do farelo de soja recua

19-03-2021 12:53:34 Por:

Com estoques elevados, comprador se retrai e preço do farelo de soja recua
Os preços do farelo de soja cederam na primeira quinzena de março. A queda está atrelada aos elevados estoques de grande parte dos consumidores, visto que eles indicam ter volume suficiente para o consumo em médio prazo. Muitas empresas também estão recebendo lotes de contratos a termo. Além disso, compradores estão atentos à necessidade de aumento no processamento do grão, devido à maior demanda por óleo de soja, o que gera, consequentemente, maior oferta de farelo.

Vale ressaltar que, embora o consumo brasileiro de farelo de soja esteja previsto pelo USDA em volume recorde, de 19,5 milhões de toneladas, a exportação deve ceder 4%, para 16,8 milhões de toneladas. Neste contexto, na média das regiões acompanhadas pelo Cepea, os valores do farelo de soja recuaram 6,2% entre fevereiro e a parcial de março (até o dia 15). Entretanto, neste terceiro mês do ano, o preço deste subproduto está 86,7% superior ao negociado em março de 2020.

As informações são da Débora Kelen Pereira da Silva, em Boletim do Leite Cepea.